embaixador

Plano Estratégico do porto de Sines foi encomendado à Universidade Católica do Porto

O porto de Sines tem despertado grande interesse de potenciais investidores norte-americanos e chineses.

Governo iraquiano convocou embaixador dos EUA para condenar ataque em Bagdad

O Governo iraquiano convocou hoje o embaixador norte-americano em Bagdad para condenar o ataque que matou um general iraniano e o parlamento pediu a expulsão de tropas norte-americanas do Iraque.

Novo embaixador português na Argentina toma posse em breve

Depois da Colômbia, João Ribeiro de Almeida tomará em breve posse como embaixador de Portugal na Argentina.

“Temos de preparar uma embaixada em Madrid”, afirma delegado da Generalitat

Ferran Mascarrell, o homem da Generalitat em Madrid, afirmou que regressará brevemente à capital espanhola para “preparar terreno” para o novo papel de embaixador.

Coreia do Norte: “Estamos na fase final de completarmos a nossa força nuclear”

“Tudo depende dos americanos”, disse o embaixador norte-coreano em Espanha, em entrevista à ‘TSF’. Kim Hyok-Chol defende que todos os testes realizados até agora e que as armas nucleares são apenas “legítima defesa”.

Qatar: “há financiadores de terrorismo entre os países do boicote”

A acusação do embaixador do Qatar nos Estados Unidos, o xeque Meshal bin Hamad Al Thani, chega numa altura em que cinco estados muçulmanos cortaram relações diplomáticas com o emirado, dando origem a uma nova crise diplomática no Médio Oriente.

Terá Portugal um embaixador dos EUA? Mais de metade dos aliados da NATO sem representante norte-americano

De acordo com a lista da American Foreign Service Association, só na NATO são 15 os países que ficaram sem embaixador após a tomada de posse do novo presidente, a 20 de janeiro.

Iraque adia (mais uma vez) levantamento da imunidade dos filhos do embaixador

Processo é adiado novamente: as autoridades iraquianas levantaram questões jurídicas e pediram mais informações ao Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Israel convoca embaixadores dos países do Conselho de Segurança

Representantes de Angola, China, França, Rússia, Grã-Bretanha, Espanha, Egito, Japão, Ucrânia e Uruguai foram chamados a Jerusalém para uma “reunião de clarificação”.
Ver mais artigos