empresas portuguesas

Um ano sindicalmente exigente

Atualmente, há cada vez mais sindicatos independentes, o que seguramente atemoriza alguns. A nós, o sindicalismo independente não nos assusta nada. É o nosso espaço natural.

2022, o ano dos Emirados

É fundamental que que a exigência de um trabalho e dedicação constantes, indispensáveis num cenário competitivo onde imperam elevados padrões de rigor e qualidade, não faça esmorecer a vontade de triunfar.

Liderar no plural

A criação de condições para que mais pessoas possam liderar traduz um compromisso com uma maior abertura à participação e simultaneamente à aplicação de processos mais plurais, transparentes e orientados para resultados.

Transformação digital: mais que uma decisão estratégica é uma realidade necessária

O Plano de Recuperação e Resiliência português prevê um valor de 2,9 mil milhões de euros para apoiar a transição digital do país, dos organismos do Estado e das empresas portuguesas. A competitividade no mercado europeu passa por aqui.

Veja agora a JE editors Talks: Fundos Europeus e Linhas de Capitalização

Em resposta à crise provocada pela pandemia, saiba que fundos europeus vão ver a luz do dia e que linhas de capitalização têm as empresas portuguesas à sua disposição.

Veja agora o Webinar: Como responder aos desafios da Pandemia?

O impacto do novo coronavírus na economia é o maior de sempre provocado por uma epidemia. Como resposta a esta realidade foram aprovadas, em tempo record, medidas excecionais.

Brexit, a incerteza como única certeza

As empresas portuguesas com investimentos no mercado britânico terão que se ajustar a novas realidades alfandegárias, aduaneiras, fiscais e financeiras nas suas transações de exportação e importação.

Há sete empresas portuguesas nos “Best Workplaces” da Europa

Mais de 2.800 organizações e cerca de 1,6 milhões de colaboradores, num total de 19 países, participaram no processo de survey dos Best Workplaces na Europa.

Menos endividadas e mais rentáveis: Nunca as empresas portuguesas estiveram tão capitalizadas

A autonomia financeira das empresas portuguesas atingiu 35,6% no primeiro trimestre, segundo dados do Banco de Portugal. O que significa que esta é, até o momento, a mais alta capitalização das empresas portuguesas.
Ver mais artigos