energia das ondas

Portugal não pode ficar à margem da energia azul

As energias renováveis oceânicas têm um grande potencial para satisfazer os objetivos de descarbonização da Europa e dar resposta ao aumento da procura de eletricidade que se perspetiva e que tem que ser assegurada de forma acessível.

Governo vai investir 800 milhões de euros em energias renováveis

Portugal teve, em 2015, a sétima maior quota de energias renováveis da União Europeia (27%), enquanto a média europeia se fixou nos 16,4%, de acordo com dados divulgados este mês pela Comissão Europeia.