Fernando Ulrich

Fernando Ulrich mantém-se como chairman do BPI. Pablo Forero goza reforma em Portugal

Pablo Forero vai reformar-se e, assim, abandona a liderança do BPI no final do seu mandato. A reforma vai ser passada em Portugal, país onde ficará a viver, revelou esta segunda-feira. Será substituído por João Oliveira e Costa. Para já, é a única dança de cadeiras a ocorrer no topo da gestão do BPI uma vez que Fernando Ulrich se vai manter como ‘chairman’ da instituição de crédito.

As histórias das grandes OPA em Portugal

“Estavam todos feitos”, recordou recentemente Paulo Azevedo na OPA à PT. “Não passarão!”, afirmou Artur Santos Silva na oferta do BCP sobre o BPI. Recorde as principais operações da última década no país.

Ulrich: “Ataque informático não foi até agora eficaz e não trouxe prejuízo”

O ainda CEO do banco frisou que as pessoas podem confiar que os bancos, as empresas de telecomunicações, os serviços públicos, estão a fazer um enorme esforço pela segurança, “mas é uma luta permanente”.

Nova administração do BPI eleita com 99,77% de votos a favor

Durante a Assembleia Geral do BPI, Pablo Forero confessou que a entidade bancária não podia ter sido mais bem gerida e “está em muito boa posição para aproveitar a recuperação económica do país”.

SIC: Ulrich avisou Carlos Costa em janeiro de 2013 sobre falência iminente do Grupo Espírito Santo

O banco liderado por Fernando Ulrich sabia da situação e alertou o governador do Banco de Portugal, em 2013, revela a SIC.

BPI punido por aplicar dinheiro de cliente no BES… sem consentimento

O Tribunal Judicial da Comarca de Braga deu como provado que Vidaúl Pereira não deu ordem para aquisição de títulos quer quando esteve presente no banco, quer depois quando foi contactado por email.

Capitalização: Bancos só valem 20% do dinheiro que foi injetado

Os maiores bancos do sistema português pediram 42,4 mil milhões de euros aos seus acionistas desde 2000, hoje valem apenas 8,4 mil milhões.

Ulrich: Fundo de Resolução recapitalizar o Novo Banco? “Era o que mais faltava”

Sobre o facto de serem os bancos a terem que suportar os custos da venda do Novo Banco abaixo do preço da recapitalização em 2014, o presidente do BPI diz que essas eram as regras do jogo.

Paulo Macedo vai ser o terceiro banqueiro mais bem pago do país

O novo administrador da CGD terá salário de 432 mil euros anuais de remuneração fixa.
Ver mais artigos