funcionários públicos

Paz social?

Este clima de crispação que se advinha à esquerda é um desafio que o novo Governo terá de superar se quiser manter a paz social.

PCP quer rever tabela salarial da Função Pública para assegurar “proporcionalidade” entre escalões

Os comunistas alertam que as mais recentes atualizações dos salários da Função Pública vieram “destruir a proporcionalidade inicial” da TRU e pedem novas negociações urgentes entre o Governo e os sindicatos dos trabalhadores da Administração Pública.

Covid-19. Há 64 mil funcionários públicos em teletrabalho

O secretário de Estado afirmou que a passagem ao teletrabalho “teve de ser muito rápida” e “feita com aquilo que os serviços detinham na altura” em termos de equipamentos, contando ainda “com a boa vontade de trabalhadores e muitas vezes com equipamentos dos próprios”, que tiveram de ser adequadamente programados.

Aventuras da “traquitana”

Nesta história reconheça-se que PSD e CDS também não saem bem, mas a iniciativa táctica é do Governo e não da Oposição. E a tal “táctica” só podia dar o resultado que deu: uma mão-cheia de nada e outra de coisa nenhuma.

Funcionários públicos vão passar a receber 75% das progressões este mês

Nos Orçamentos do Estado de 2018 e 2019, ficou definido que 25% da progressão seria pago a partir de janeiro de 2018, 50% a partir de setembro de 2018, 75% a partir de maio de 2019 e só chega aos 100% no último mês do ano.

Cidadãos de terceira?

É estranho que um Estado que não permite às empresas discriminar funcionários com funções idênticas o faça de forma deliberada no seu setor empresarial, que é também o seu braço operacional na economia.

Passe bem

O ano passado discutíamos uma maioria absoluta. Hoje, o PS não consegue convencer os eleitores a dar-lhe um poder maior ou o benefício da dúvida.

Reformados do Estado com mais de 70 anos no ativo poderão escolher salário ou pensão

Os funcionários públicos com mais de 70 anos vão passar a poder manter-se no ativo, optando pelo salário ou pela pensão, segundo uma proposta do Ministério das Finanças a que a agência Lusa teve hoje acesso.

Subida do salário mínimo para 635 euros no Estado abrange 70 mil funcionários públicos

O Ministério das Finanças estima que o aumento da remuneração mínima na administração pública, de 580 para 635 euros, proposta na sexta-feira aos sindicatos, abranja “cerca de 70 mil trabalhadores no próximo ano”, disse hoje fonte oficial à Lusa.
Ver mais artigos