Galp

Galp. Fundo norte-americano T. Rowe Price Group reduz número de ações com voto para 4,91%

De acordo com a página oficial da Galp, este fundo norte-americano detinha uma percentagem de direitos de voto entre 5% e 10%, pelo que agora é anunciada uma redução dessa participação.

Sobre a tributação de lucros excessivos das empresas energéticas

Seria importante não ver a CST Energia como um incentivo para o fim da refinação de petróleo. As refinarias não produzem só combustíveis, são fonte de numerosos produtos utilizados por outras indústrias, e para os quais não existem soluções alternativas.

IPAM-Lisboa e GALP estabelecem parceria com prioridades no emprego e desenvolvimento sustentável

Protocolo agora assinado visa estabelecer a ligação entre a oferta formativa do Instituto e as disponibilidades e recursos da petrolífera, na área do desenvolvimento sustentável e vai vigorar no ano letivo 2022-2023.

Bolsa de Lisboa continua no ‘verde’ numa Europa mista. Galp sobe mais de 4%

A expetativa sobre decisões de bancos centrais e a possibilidade de aumento da produção de petróleo estão a influenciar o rumo dos mercados. Os principais índices europeus reagem mistos enquanto o preço do petróleo tem uma valorização.

Sindicatos exigem à Galp aumentos extra de 5,4% para trabalhadores

A poucos meses do final do ano, a atualização salarial de 2%, aplicada pela administração da Galp Energia em janeiro, já foi engolida pela inflação”, alertam sindicatos, realçando que “os lucros obtidos justificam ainda mais repor o poder de compra dos trabalhadores”. Reivindicam aumentos extraordinários de 5,4% com efeitos retroativos a janeiro deste ano.

Bolsa está no ‘verde’ com a Galp a valorizar mais de 4%

A subida do preço do petróleo explica parte da valorização da Galp. Os mercados temem que a pressão sobre as cadeias de produção venham a gerar maior persistência da inflação em níveis elevados.

Bolsa abre no ‘verde’ com Galp Energia a liderar ganhos

O petróleo está a valorizar com o brent a subir 1,87% para os 113,06 euros e o crude a valorizar 1,85% para os 111,60 euros.

Sensei quer ser maior player mundial em lojas autónomas – Vasco Portugal

Conferência “Stratups: o motor de inovação do mundo corporate” contou também com a participação de Ana Casaca, Global Head of Innovation da Galp; João Diogo, Head of Retail da Galp; e Diogo Pinto Sousa, diretor-executivo para Small Medium and Corporate Markets da Microsoft Portugal.

Galp aposta na inovação colaborativa e já gere um portefólio de 75 milhões de euros

Ana Casaca, Global Head of Innovation da Galp, e João Diogo, Head of B to C da Galp, falavam durante a conferência “Stratups: o motor de inovação do mundo corporate”, promovida pela Microsoft Portugal e da qual o Jornal Económico é media partner.
Ver mais artigos