Iñaki Urdangarin

Infanta Cristina de Espanha divorcia-se de Iñaki. Afinal, havia outra

É caso para dizer que uma desgraça nunca vem só. Além de ter sido condenado pelos crimes de fraude, fuga ao fisco e tráfico de influências, Iñaki Urdangarin mantinha uma relação extraconjugal.

Cunhado do rei de Espanha apresenta-se na prisão para cumprir pena

O marido da Infanta Cristina tinha sido condenado pelo Supremo Tribunal a cinco anos e dez meses de prisão por desvio de fundos, na sequência de uma investigação ao caso Noós.

Supremo espanhol baixou pena de Iñaki Urdangarin para 5 anos e 10 meses de cadeia

O Supremo Tribunal espanhol baixou para cinco anos e 10 meses a pena a que Iñaki Urdangarin tinha sido condenado e impôs uma condenação por peculato, invasão, fraude à administração e crimes fiscais que obrigam a cumprir pena de cadeia.

Espanha: Cunhado do Rei fica em liberdade com apresentações obrigatórias

Iñaki Urdangarin foi condenado a seis anos e três meses de prisão e ao pagamento de uma multa de 512 mil euros. A infanta Cristina foi absolvida do caso Nóos.

Caso Nóos: Iñaki condenado a prisão. Infanta Cristina ruma a Portugal

Iñaki Urdangarin foi condenado a seis anos de prisão enquanto a esposa, a infanta Cristina de Espanha, foi absolvida. Irmã do rei de Espanha deverá mudar-se para Portugal para ficar mais perto do marido.