Luís Montegro

Montenegro acusa António Costa de estar de “braços caídos” perante a Europa

“Creio que o senhor primeiro-ministro está de braços caídos. É um primeiro-ministro que diz que não pode ir mais além que aquilo do que foi, então já tem muito pouco para dar ao país”, considerou Luís Montenegro, em declarações aos jornalistas, em Mangualde, Viseu.

Líder do PSD desafia Costa a “pôr ordem na casa” em Governo “em roda livre”

“Eu creio que é altura de haver uma intervenção do primeiro-ministro, de pôr ordem na casa, de deixar de ter um Governo em roda livre, em que cada membro do Governo, cada vez que aparece a falar em público, vem acrescentar intranquilidade, insensibilidade e incompetência àquilo que é o desempenho do Governo”, argumentou Luís Montenegro.

Congresso PSD. Montenegro citou Sá Carneiro e diz que PSD não será “tábua de salvação de António Costa”

“O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for”, citou Luís Montenegro no fim do seu discurso, apontando para a frase proferida por Sá Carneiro na Assembleia Nacional em 1972.