Maduro

Venezuela: Maduro ordena investigar “roubo” de reservas de ouro em Inglaterra

O Governo venezuelano ordenou uma “investigação penal” local para determinar os alegados responsáveis pelo que diz ser “o roubo de ouro venezuelano” que se encontra no Banco Central da Inglaterra.

Donald Trump disponível para se reunir com Nicolás Maduro

Numa entrevista ao site noticioso Axios, Trump não rejeitou a possibilidade de vir a reunir com o seu homólogo da Venezuela e relativizou a oposição de Guaidó a Maduro. A Venezuela assiste desde janeiro de 2019 a uma luta pelo poder entre Maduro e Guaidó, com o último a ter apoio dos EUA.

Guaidó admite impasse nas negociações com Maduro

“[Mais conversas não estão nos planos hoje. Por que não? Porque qualquer coisa que não nos mova na direção [da renúncia de Maduro] é inútil”, explicou Guaidó num comício na cidade venezuelana de Valência.

Nicolás Maduro reclama 28,35 mil milhões de euros retidos nos EUA e Portugal

O presidente da Venezuela voltou a reclamar os 28,35 mil milhões de euros retidos nos Estados Unidos e em Portugal, valor que disse estar destinado à importação de alimentos e medicamentos. Segundo Maduro, os Estados Unidos “roubaram à Venezuela” 30 mil milhões de dólares e em Portugal estão retidos 1,7 mil milhões de dólares.

As armas da Venezuela

Tenho a certeza, que sem apoiar minimamente as bravatas de Trump, Mário Soares seria hoje, se fosse vivo, um forte crítico de Maduro. Porque o seu lado era sempre o da liberdade.

Fundador da Blackwater quer usar 5 mil mercenários para derrubar Nicolás Maduro

A notícia avançada pela “Reuters” explica que Erick Prince, fundador da controversa empresa de segurança privada quer formar um exército privado para atuar em nome do autoproclamado presidente interino da Venezuela Juan Guaidó.

Venezuela tem as maiores reservas de petróleo do mundo, mas não tem gasolina

Numa medida de apoio a Guaidó, os Estados Unidos aplicaram sanções ao regime de Nicolás Maduro, proibindo a compra de petróleo venezuelano. A Venezuela perdeu assim um importante parceiro comercial, para onde exportava bastante petróleo. Com as sanções, o regime venezuelano instalado não consegue refinar o petróleo pesado e poderá ficar sem gasolina.

Adiós, Bolívar

Portugal apostou no único futuro possível, a nossa comunidade na Venezuela dificilmente poderá ficar pior do que já está, exigia-se este pragmatismo ao Estado.

Venezuela: “Há crianças a morrer à fome e pessoas a comer dos caixotes do lixo”

O relato é de Lídia Albornoz, uma das cerca de 400 pessoas que estiveram na manifestação contra Nicolás Maduro, que se realizou no Funchal.
Ver mais artigos