Mário Soares

A ‘revelação’

O PCP, através de uma posição mais declarada, e o BE, de forma envergonhada, remetem-nos, no cenário de uma guerra-invasão já em curso, para a natureza dos comunistas portugueses.
Cartazes de Carlos Moedas e Fernando Medina

Nenhum candidato chegou aos 100 mil votos pela primeira vez desde que há eleições autárquicas

Carlos Moedas e Fernando Medina protagonizaram a primeira disputa pela Câmara de Lisboa, com a exceção das intercalares de 2007, em que não houve qualquer candidato a chegar à centena de milhar de eleitores. Para trás ficam as enormes vitórias, acima dos 200 mil votos, que dos dois lados do espectro político ocorreram em 1979 e 1993.
Pedro Nuno Santos

Pedro Nuno Santos diz que “não é com agressividade” que o PS vai recuperar os partidos à sua esquerda

Ministro do Equipamento encerrou um ciclo de formação da Juventude Socialista com uma intervenção em que acusou membros do PS de “estarem presos a 1975”, considerando o PCP e o Bloco de Esquerda “fundamentais para a construção de uma sociedade mais justa”.
André Ventura no Infarmed

André Ventura: “O Presidente tem de estabelecer orientações rígidas na execução dos fundos”

Candidato presidencial considera que Marcelo Rebelo de Sousa faz “um jogo perígoso” ao mostrar-se demasiado próximo do Executivo de António Costa. E diz que o atual chefe de Estado “defraudou as expectativas do eleitorado” ao fazer pouco pelos sectores económicos mais afetados pela pandemia.

“Tenho vários defeitos, mas não sou burro ou louco”, diz Marcelo acerca da “fasquia” de Soares

Apesar da sondagem que o aproxima dos 70,35% conseguidos por Mário Soares em 1991, aquando da reeleição para o segundo mandato presidencial, o atual chefe de Estado diz que o fundador do PS é “irrepetível”.

Sondagem SIC/Expresso aponta Marcelo como vencedor das presidenciais à primeira volta

Apesar de garantir a reeleição à primeira volta e até com uma percentagem maior dos votos do que em 2016, Marcelo não deverá conseguir destronar Mário Soares como o maior vencedor de uma eleição presidencial em Portugal.

Filhos de Mário Soares herdam fortuna de 17 milhões de euros

Mário Soares foi duas vezes primeiro-ministro, duas vezes Presidente da República e um dos fundadores do Partido Socialista. Morreu há dois anos, a 7 de janeiro, sendo que no dia 27 desse mês foi feita a habilitação legal dos herdeiros, que terão de dividir entre si contas bancários e o património imobiliário da família. Colégio Moderno é o maior ativo, avança a revista Sábado.

Mário Soares: O “pai da democracia” morreu há dois anos

Mário Soares morreu no dia 7 de janeiro de 2017. O presidente Marcelo Rebelo de Sousa recordou o antigo Presidente da República e recordou a sua luta por um “Portugal mais justo”.

Família rejeita que Mário Soares seja transladado para o Panteão

Os filhos João e Isabel Soares opõem-se à transladação do corpo do pai, alegando que deve estar ao lado do da mãe.
Ver mais artigos