massacre de Bowling Green

#JeSuisIkea: Suecos respondem ao “atentado” inventado por Donald Trump

Depois de a conselheira do novo presidente norte-americano, Kellyanne Conway, ter invocado o “massacre de Bowling Green”, foi a vez de Donald Trump justificar as suas políticas anti-imigração recorrendo a um atentado que não aconteceu.