medicamentos de marca

50% são 50%

Estudos empíricos confirmam que quanto maior o nível de desenvolvimento económico e social de um país, maior a penetração dos medicamentos genéricos face aos de marca. Portugal ainda está longe de ombrear com os melhores.