Moody's Investors Service
Miguel Maya

“Não há margem para baixar o ritmo, antes pelo contrário”, diz CEO do BCP sobre subida de rating da Moody’s

A Moody’s anunciou a subida do rating da dívida sénior unsecured do BCP para Baa3, isto é para o primeiro nível de grau de investimento, com perspetiva estável. Miguel Maya elogiou o trabalho da equipa numa nota interna, mas recusa-se a baixar os braços porque os desafios são grandes.

Moody’s melhora perspetiva da SATA para “positivo”

A SATA é a quarta empresa a passar de “estável” para “positivo”, sendo que nos últimos dias, a Brisa, a Infraestruturas de Portugal e a Comboios de Portugal também viram a sua perspetiva alterar-se. 

Moody’s mantém ‘rating’ de Portugal em Baa3, mas sobe perspetiva para ‘positiva’

A agência continua, no entanto, a colocar a República um nível abaixo das principais pares – tanto a Standard & Poor’s como a Fitch atribuem um rating de ‘BBB’.

Ritmo de normalização da política monetária deverá abrandar este ano, diz Moody’s

Analistas da Moody’s Investors Service antecipam que a Reserva Federal norte-americana irá aumentar a taxa dos fundos federais uma ou duas vezes este ano, em vez de três ou quatro vezes anteriormente antecipados.

Portugal deve manter diversificação das fontes de financiamento, alerta Moody’s

A consultora considera, apesar de tudo, que Portugal está bem posicionado para enfrentar a saída do BCE da linha da frente da aquisição de dívida emitida pela Zona Euro.

Proposta do Governo pode levar Moody’s a cortar rating da dívida sénior da banca nacional

Para o Executivo português, na nova hierarquia de credores, assegura-se maior graduação à generalidade dos depósitos comparativamente com os restantes instrumentos financeiros, como por exemplo as obrigações, garantindo menor risco para os depositantes.

Moody duvida dos benefícios da Black Friday para o comércio

Esmagamento das margens não é um bom caminho para os lucros, apesar do aumento das receitas. Setor do vestuário é um dos que sai mais afetado pela iniciativa.

Riscos externos e abrandamento da economia: o que vai enfraquecer a concessão de crédito em 2019?

Moody’s Investors Service Global identifica as pressões externas como um fator de pressão, nomeadamente a escalada de tensão entre os Estados Unidos e a China, com impacto direto no aumento do risco comercial, político e geopolítico.

Moody’s: setor das telecomunicações vai permanecer “estável, mas frágil” em 2019

Moody’s conclui que a implementação do 5G não é solução a curto prazo; que as empresas de telecomunicações têm flexibilidade limitada e que o crescimento das operadoras da Europa Central e Oriental será apoiado por um melhor crescimento macroeconómico, com novas fusões e aquisições no horizonte.
Ver mais artigos