nacionalização da banca

PCP determinado em integrar Novo Banco no setor público

Os comunistas consideram que “nenhuma venda do Novo Banco pode salvaguardar o interesse do povo e do país” e só a sua integração na esfera pública servirá de “alavanca” para a economia, desde a privatização do BES, em 1992.