Nuno Amado

PremiumNuno Amado impedido de votar no ‘board’ da EDP

O BCP deixou de ser intermediário financeiro da China Three Gorges na OPA depois de ter sido impedido de votar numa reunião do CGS da EDP.

Nuno Amado: “Taxas de juro do crédito no último ano demonstram que a concorrência foi normalizada em Portugal”

Em entrevista ao jornal “Público” o agora presidente não executivo do BCP fala das mudanças no banco e também da exposição que os bancos portugueses tiveram no mercado internacional.

BCE só vai decidir em julho sobre nova administração do BCP

A complexidade processual projeta a autorização do Banco Central Europeu ao novo conselho de administração do BCP para o próximo mês. Miguel Maya foi aprovado como presidente executivo do Millennium BCP no dia 30 de maio, mas ainda está à espera da aprovação do banco central.

BCP ganha mais de 2% após apresentar subida nos lucros

O relatório de contas enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) mostra que, nos três primeiros meses do ano, o BCP registou lucros de 85,6 milhões. As ações sobem para 0,285 euros.

Oficial: Miguel Maya proposto para ser CEO do BCP

A lista de administradores foi discutida esta segunda-feira pelo Conselho de Administração e foi divulgada esta manhã. A eleição do elenco liderado por Miguel Maya como CEO deverá ser aprovada na Assembleia Geral a 30 de maio.

BCP lucra 85,6 milhões no trimestre

Os lucros subiram 70,8% num ano. O crédito em risco em Portugal caiu 500 milhões face ao fim de 2017. Já o crescimento da carteira de crédito performing foi de 500 milhões desde o fim do ano passado, também.

Nuno Amado: “Sistema bancário está pronto para apoiar a economia”

Nuno Amado, presidente do BCP, considera que os tempos da crise bancária já não têm eco nos indicadores do banco. E que o tempo é de aumentar o investimento – do Estado, das empresas e da economia social.

Nova administração do BCP vai ter 17 elementos

A composição do novo Conselho de Administração do banco ainda não está fechada. O processo está a ser discutido com o Banco Central Europeu.

Nuno Amado: “Estamos confiantes que a emissão de dívida correu bem”

Sobre o boicote de seis das maiores sociedades à operação, o CEO do BCP afirmou que a banca nacional está a “pagar” pela resolução do Banco Espírito Santo.
Ver mais artigos