odebrecht

Caso EDP: Odebrecht manifesta “surpresa” com buscas do Ministério Público

O caso EDP está relacionado com os Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC) no qual os antigos gestores António Mexia e Manso Neto são suspeitos de corrupção e participação económica em negócio para a manutenção do contrato das rendas excessivas, no qual, segundo o MP, terão corrompido o ex-ministro da Economia Manuel Pinho e o ex-secretário de Estado da Energia Artur Trindade.

Passos Coelho e a Odebrecht: as ligações suspeitas que envolveram Lula e tramaram o gestor de campanha do PSD

Suspeitas que ligam o ex-primeiro-ministro à construtora brasileira, envolvida na Operação Lava Jato, remontam a junho de 2015, quando o antigo presidente do Brasil, Lula da Silva, terá alegadamente tentado convencer Passos Coelho a favorecer a Odebrecht na privatização da EGF.

Ex-presidente da Odebrecht recua em acusações contra Lula

O ex-presidente da Odebrecht disse que o antigo chefe de Estado não pode ser responsabilizado por alegadas irregularidades em financiamento de obras em Angola.

Odebrecht chega a acordo com Justiça peruana no âmbito da investigação Lava Jato

Construtora brasileira prometeu pagar cerca de 161 milhões de euros, além dos custos jurídicos adicionais.

Colômbia multa brasileira Odebrecht em cerca de 222 milhões de euros por atos de corrupção

Um tribunal colombiano multou na quinta-feira a construtora brasileira Odebrecht em cerca de 222 milhões de euros e proibiu-a de celebrar contratos com entidades oficiais durante dez anos devido aos atos de corrupção cometidos naquele país.

Juíza nega pedido de Lula da Silva para ser interrogado novamente

“Para justificar o pedido de um novo depoimento, os advogados de Lula apontaram o afastamento do juiz Sérgio Moro de suas funções à frente da ‘Operação Lava Jato’ para assumir o Ministério da Justiça no Governo do presidente eleito Jair Bolsonaro”, informa a revista “Veja”.

Respostas Rápidas: O que está a colocar Temer frente-a-frente com a Justiça (novamente)?

A Polícia Federal brasileira descobriu indícios de que o presidente do Brasil, Michel Temer, recebeu subornos da construtora Odebrecht. Esta é a terceira vez que o líder brasileiro se vê diante da possibilidade de ser julgado pela justiça. Saiba o que está em causa.

Polícia brasileira conclui que Temer recebeu subornos da Odebrecht

Cabe agora à Procuradora Raquel Dodge decidir se acusa Temer pela a terceira vez desde que tomou posse como presidente em 2016.

Odebrecht vende quota em mina de diamantes de Angola

Grupo empresarial brasileiro vai encaixar cerca de 115 milhões de euros com a venda da participação de 16,4% na Sociedade Mineira de Catoca, que explora no leste de Angola a quarta maior mina de diamantes a céu aberto do mundo.
Ver mais artigos