PDE

Moscovici: Riscos de incumprimento são claros mas Portugal está no “bom caminho”

Pierre Moscovici destaca a redução do défice estrutural e garante que o país pode fazer ainda mais progressos significativos, mas adverte que é importante não esquecer os erros do passado.

Eurostat decide registo da recapitalização da Caixa “nas próximas semanas”

O organismo de estatística da União Europeia e o INE referem que estão em curso “discussões bilaterais” e um “diálogo técnico” entre as entidades.

Bruxelas recomenda saída da Grécia do Procedimento por Défice Excessivo

Apesar de a decisão ter ainda de ser confirmada na reunião dos ministros de finanças da União Europeia, o Ecofin tem por hábito seguir as recomendações da Comissão Europeia. O país deverá sair oficial do PDE no próximo dia 24 de julho.

Catarina Martins: Saída do PDE deve-se às políticas distintas das do anterior Governo

A líder bloquista sublinha a importância que o BE teve, juntamente com o atual Governo socialista, para que fosse aprovado um conjunto de medidas para devolução de rendimentos e de qualidade de vida aos portugueses, ao contrário das políticas seguidas por “quem sempre estrangulou a nossa economia”.

“Parabéns aos portugueses”. Bruxelas formaliza saída de Portugal do défice Excessivo

Vice-Presidente da Comissão Europeia já congratulou os portugueses e disse que hoje “é dia para festejar”. Para Mário Centeno “é um marco muito importante para Portugal”.

Ecofin formaliza saída de Portugal do défice excessivo esta sexta-feira

Conselho de ministros das Finanças da União Europeia formaliza decisão anunciada pela Comissão Europeia a 22 de junho. Com a saída do défice excessivo este Verão, o Governo já pode preparar o Orçamento do Estado para 2018 com uma folga adicional.

Governo convoca concertação social para discutir saída do PDE

O abandono do Procedimento por Défice Excessivo é o principal tema na agenda da reunião entre o Executivo e os parceiros sociais na próxima quinta-feira.

Costa sobre PDE: “as boas notícias não caem do céu”

Primeiro-ministro sublinhou que foi necessário o governo adotar uma estratégia que apostasse no crescimento, na confiança, na capacidade dos investidores terem confiança para investirem, na criação de emprego, para o país sair do procedimento por défice excessivo.

Portugal deve concentrar-se agora na subida do ‘rating’, defende Nuno Amado

Banqueiro considera que existe possibilidade de melhoria no ‘rating’ do país ainda este ano e enumera as condições que considera necessárias.
Ver mais artigos