Pingo Doce

Madeira tem 28 ideias do programa Bairro Feliz a votação até 22 de outubro

Os clientes Pingo Doce recebem uma Moeda Bairro Feliz, por cada dez euros em compras (máximo de três moedas por compra), que lhes permite votar numa das duas ideias, colocando essa mesma moeda no respetivo mealheiro de votação.

PremiumBairro Feliz regressa à Madeira e faz estreia nos Açores

O Bairro Feliz pretende concretizar ideias que tornem os bairros mais felizes, diz o coordenador de programas de sustentabilidade e de impacto local do Pingo Doce.

Açores tem primeira loja Pingo Doce a partir de quarta-feira

A nova loja, que conta com uma equipa de 31 colaboradores, inclui um espaço de take away com comida fresca confecionada diariamente, uma área de café e bolos, venda de medicamentos não sujeitos a receita médica, além das tradicionais seções de talho, peixaria, frutas e legumes e padaria e pastelaria.     

Madeira: Catorze causas vencem projeto “Bairro Feliz” do Pingo Doce

Estas causas cobriram as áreas da Saúde, Bem-estar e Desporto, Apoio Social e Cidadania, Cultura e Património, Turismo e Lazer, Educação e Ambiente e Causa Animal e contou com mais de quatrocentas lojas Pingo Doce de todo o país. Esta foi a primeira edição, a nível nacional, do projeto “Bairro Feliz”, tendo já tido duas edições regionais na zona norte do país.

Madeira: 28 causas estão em votação no âmbito do Bairro Feliz

A causa mais votada pelo bairro pode receber até 1.000 euros.

Premium‘Bairro Feliz’ chega à Madeira para aproximar comunidades

Promoção da felicidade e do bem-estar nas comunidades locais é apontada como um dos objetivos desta iniciativa dos supermercados Pingo Doce.

Madeira: retalho vê restauração e maquilhagem a cair e produtos regionais com aumento de procura

Entre os produtos que obtiveram maiores quebras estiveram ainda a cafetaria e os produtos para pentear (lacas e gel). Entre os produtos com maior procura encontram-se ainda: produtos de higiene do lar e produtos alimentares básicos e de preparação de refeições.

PremiumEfeitos da Covid-19 alargam oferta de serviços no retalho

Alargamento da rede de produtores nacionais, compras online com recolha nas lojas e ‘takeaway’ foram algumas das soluções encontradas por Continente e Pingo Doce para enfrentar a pandemia.

Reclamações dos portugueses sobre os hiper e supermercados dispararam 75% em 2020

Segundo um estudo realizado pelo Portal da Queixa, as compras ‘online’ estiveram na origem de 47% das queixas verificadas no ano passado. Auchan, Continente, Pingo Doce, Mercadona, Aldi Portugal e Supercor destacaram-se pelo elevado índice de satisfação obtido, entre os 70 e 88 pontos em 100, enquanto, por outro lado, Intermarché, Minipreço e Lidl evidenciaram a falta de proximidade e de preocupação com os consumidores, registando níveis de satisfação abaixo dos 20 pontos em 100.
Ver mais artigos