plano estratégico

‘Silly season’

O que devia preocupar os cidadãos, as famílias e as empresas (e o Estado) era que houvesse um plano estratégico para Portugal, com uma mudança da mentalidade das pessoas e do Estado.

Estender ferro pelo país inteiro

A liberalização do sector ferroviário exige que não falhemos neste propósito. De resto, agrada-me a ideia que precisamos de um “campeão nacional” e os tempos estão propícios.

Bruxelas define prioridades de investigação e inovação sustentáveis no primeiro plano estratégico Horizonte Europa 2021-2024

Este plano estratégico “assegura que as ações de investigação e inovação da UE contribuem para as prioridades da União, nomeadamente uma Europa verde e com impacto neutro no clima, uma Europa preparada para a era digital e uma economia ao serviço das pessoas”.

Riscos e desafios

Deveremos decisivamente traçar com ambição um plano estratégico colectivo para o decénio e que represente um novo contrato entre o Estado e o mercado.

“Também haverá em Sines mais vida além da crise”, diz presidente da APS

José Luís Cacho, presidente da APS, disse que o porto de Sines registou um crescimento de 8% desde o início do ano face ao período homólogo, no segmento da carga contentorizada.

Ordem dos Engenheiros repudia declarações de Abel Mateus

Instituição liderada por Mineiro Aires defende António Costa Silva e o papel dos engenheiros no desenvolvimento da sociedade portuguesa.

Regiões fronteiriças de Portugal e Espanha com plano estratégico comum para turismo e agroalimentar

O projeto, que abrange 11 zonas transfronteiriças, prevê a criação de rotas do queijo, do bordado e da cerâmica.

Dívida da TAP ascende a 3,3 mil milhões de euros com contratos de ‘leasing’

Pedro Nuno Santos explicou hoje na Assembleia da República que a dívida financeira da companhia aérea é neste momento de cerca de mil milhões de euros, mais cerca de 2,3 mil milhões de contratos de ‘leasing’ de aviões. O Estado está exposto a cerca de 200 milhões de euros de dívida da transportadora aérea. Revisão do plano estratégico deverá implicar redução da frota.

Air France-KLM está a avaliar oportunidades de consolidação na aviação

O grupo admite desta forma a aquisição e concentração no setor, para fortalecer e complementar as redes das duas companhias aéreas europeias.
Ver mais artigos