progressão

Mitos que bloqueiam progressão feminina e dificultam diversidade de género nas empresas

Relatório da Mazars e Gender Balance Observatory desmistifica mitos em contexto laboral, entre os quais a falta de ambição e a aversão ao risco entre as mulheres, a questão da maternidade ou das quotas e a meritocracia.

Professores pesam 25% nos gastos com progressões na carreira

O custo orçamental do descongelamento das carreiras dos professores é de 191 milhões de euros – 165 milhões de euros para progressão na carreira e 26 milhões de euros para vinculação –, o que corresponde a 25% dos encargos do Estado com progressões na Função Pública.

É funcionário público? Acréscimo remuneratório sobe para 50% a partir de setembro

O acréscimo salarial decorrente do descongelamento das carreiras é pago em quatro vezes, durante dois anos: os primeiros 25% em janeiro de 2018, os segundos em setembro, depois em maio de 2019 e a última fração em dezembro. Custo da medida ascende a 200 milhões de euros em 2018.

PCP e Governo chegam a acordo: progressões recebem 50% até setembro de 2018

A proposta inicial do Orçamento do Estado para 2018 estipulava que os trabalhadores da administração pública recebessem um terço do valor da progressão na carreira e o resto da subida salarial só aconteceria em 2019.

Mais de 16 mil funcionários públicos vão ter duplo aumento salarial

O descongelamento das carreiras vai custar ao Estado cerca de 16 milhões de euros.

Prazo para funcionários públicos informarem Governo sobre carreiras termina hoje

O Ministério das Finanças deu mais quinze dias para a regularização da situações dos precários da administração pública, uma vez que o prazo inicial era o de 30 de junho.

FESAP: Função Pública pode avançar com greve ainda antes de maio

Caso não haja compromisso negocial com o Governo, José Abraão admite antecipar a greve. Se houver entendimento, o sindicato dos trabalhadores da administração pública vai travar o protesto. “Valorizamos muito a negociação”, frisa.
Ver mais artigos