PS

Ainda há maioria absoluta em Portugal?

O que mais terá de acontecer para que reine a necessária paz política? Veremos em que se transformará este momento trágico da política nacional.

Madeira: PS defende limitação de mandatos para presidente do Governo e regime de incompatibilidades para deputados

O PS entende que a implementação de limitação de mandatos e regime de incompatibilidades introduz “maior transparência” a toda a ação política.

António Costa garante que chegará ao fim da “maratona” em 2026

O secretário-geral do PS e primeiro-ministro garantiu, este sábado, perante um milhar de militantes, que “esta legislatura não é uma corrida de 100 metros”, mas sim “uma maratona” que começou em 2022 e continuará até outubro de 2026.

Novas NUT2, uma vitória do Ribatejo e Oeste

A aprovação da Comissão Europeia destas duas novas NUT2 é um momento histórico, se não um dos momentos mais relevantes da História desta região nos últimos quatro anos.

Madeira: eurodeputada do PS defende compra conjunta de medicamentos

A eurodeputada do PS defendeu também regras para garantir maior transparência das farmacêuticas no stock de produtos e à retirada dos mesmos do mercado.

Madeira: PS acusa CDS-PP de induzir emigrantes em erro sobre Regime Público de Capitalização

O PS diz que o CDS-PP em algum momento apresentou uma proposta sobre o Regime Público de Capitalização e acusa os centristas de tentarem confundir os emigrantes.

Zapatero prenuncia declínio da extrema-direita em Portugal como aconteceu em Espanha

Zapatero disse que “em Espanha, a extrema-direita – chegou primeiro que em Portugal – está em declínio e vai ser assim também aqui”.

Madeira: PS quer Albuquerque, AFA e Grupo Sousa no parlamento para explicar pressões e favorecimentos

O PS já deu entrada na Assembleia da Madeira de pedido para comissão de inquérito e vai chamar também Tecnovia e sociedades de desenvolvimento.

PS diz que renúncia de Sérgio Marques mostra um PSD Madeira que “não respeita a liberdade de opinião”

O presidente do PS Madeira diz que a renúncia de Sérgio Marques “não apaga a gravidade dos factos” nem a posição do PS de constituição de uma comissão de inquérito”.
Ver mais artigos