reforma antecipada

Quer pedir a reforma antecipada? O regime normal é assustadoramente penalizador

Faz este mês 63 anos e completa 40 anos de descontos para a Segurança Social. Faltam-lhe 43 meses para atingir a meta. Se pedir a reforma agora, o valor será 35,56% mais baixo, devido às penalizações mensais e ao fator de sustentabilidade.

Pré-reforma em 2021: quem tem direito e quanto se recebe?

Descubra como funciona, se há penalizações e quem pode beneficiar deste tipo de acordo.

Quer pedir a reforma antecipada em 2021? Veja como tratar

Existem vários regimes que lhe permitem pedir a reforma antecipada em 2021. Fique a par, neste artigo, das condições para cada um deles.

Projetos de reforma antecipada para pessoas com deficiência baixam a comissão sem votação

Os projetos de lei apresentados (um pelo Bloco de Esquerda e outro pelo PCP) que preveem a criação de um regime especial de à reforma antecipada para as pessoas com deficiência serão discutidas na comissão parlamentar de Trabalho e Segurança Social.

Reforma antecipada: saiba tudo o que mudou em 2020

O ano de 2020 trouxe algumas mudanças no acesso à reforma antecipada. Verifica-se o agravamento do fator de sustentabilidade e é implementado o regime de antecipação que visa beneficiar quem tem longas carreiras contributivas. Neste artigo explicamos-lhe todas as alterações relativas às condições de acesso a esta pensão para este ano.

BE propõe fim da dupla penalização a reformas antecipadas

“Não tem sentido para quem já trabalhou 40 anos, descontou, tem mais de 60 anos, ter três penalizações à sua capacidade de aceder à reforma por inteiro”, disse este domingo Catarina Martins.

Governo estuda complemento para reformas antecipadas

A medida, proposta pelo Bloco de Esquerda (BE), vai afetar cerca de 8 mil pessoas que se reformaram antes da idade legal e que têm pensões inferiores ao limiar de pobreza.

Novas regras da reforma antecipada. O que mudou?

Nova lei entra em vigor a 1 de outubro. O Governo estima que cerca de 15 mil pessoas sejam abrangidas pelo novo diploma.

Conselho de Ministros aprova novas regras de reforma antecipada sem penalizações

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva confirmou a aprovação dá acesso à reforma antecipada a trabalhadores com longas carreiras contributivas sem penalizações, em conferência de imprensa, depois da reunião desta quinta-feira. As alterações vão custar aos cofres do Estado 50 milhões de euros.
Ver mais artigos