torres de controlo

NAV regista quebra de 60,4% nos voos no terceiro trimestre de 2020

De acordo com os responsáveis da empresa pública encarregue do controlo de tráfego aéreo em Portugal, este comportamento foi em grande parte sustentado na recuperação de tráfego que se fez sentir em julho e agosto. Mas, em setembro, o tráfego voltoou a arrefecer, pelo que as perspectivas estão longe de serem animadoras para o que sobra de ano.

NAV prevê quebra entre 85% e 95% no tráfego aéreo em abril

A quebra de tráfego aéreo no espaço nacional gerido pela NAV foi de 36% em março face ao período homólogo de 2019, a que correspondenram menos cerca de 24.300 voos.

Torres de controlo da NAV geriram mais 4,4% de movimentos em 2019

Analisando os dados de tráfego por torres de controlo, verifica-se que as maiores subidas do ano passado ocorreram em Cascais, Faro e Ponta Delgada, com crescimentos de 22,6%, 6,6% e 5,5%, respetivamente.