travessia ilegal

ONU: 2016 foi o ano mais mortífero no Mediterrâneo

Neste ano registou-se uma morte por cada 88 pessoas que chegaram às praias da Europa. Nações Unidas voltam a apelar às autoridades para a necessidade de desencorajar as travessias perigosas.