Tribunal Judicial da Comarca da Madeira

Alberto João Jardim não violou Lei Eleitoral, determina Tribunal

Ex-presidente do Governo Regional da Madeira tinha sido acusado de crimes de violação da neutralidade e imparcialidade

Incendiário julgado na Madeira disse estar “muito arrependido”

O indivíduo acusado de ter ateado fogo que viria a provocar um incêndio florestal em agosto do ano passado, na freguesia da Camacha, na Madeira, começou a ser julgado tendo declarado em tribunal estar “muito arrependido” do que fez.