vida ativa

Os estafetas das “nossas” pensões

Em traços gerais, não falamos de um problema recente, mas sim estrutural e profundamente marcado pela evolução demográfica da sociedade portuguesa.

Seremos capazes de nos reinventar?

Parece haver um novo equilíbrio social e geracional a construir e, também, uma maior transparência na informação aos cidadãos.

Idoso é discriminatório

A expressão mais velho é muito mais adequada porque abrange pessoas de muitas idades e de muitas e diversas capacidades físicas e cognitivas sem que haja a criação do estigma de pessoa obsoleta sugerido pela palavra idoso, que é aplicada por defeito a qualquer pessoa com mais de 65 anos.

Portugueses trabalham mais que os espanhóis, italianos e gregos

Cada português passa em média 36,8 anos a trabalhar. O valor fica acima da média europeia que se fixou nos 35,4 anos. Entre os países do Sul da Europa, é em Portugal que se trabalha mais.