YPG

Milícia curdosíria YPG avisa que vai responder se for atacada na Síria

A milícia curdosíria Unidades de Proteção Popular (YPG) avisou hoje que vai responder às agressões da Turquia em Afrine, apesar da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas que exige uma trégua em todo o país.

Trump alerta Turquia para “risco de confronto” devido a ações militares na Síria

Em causa está a grande ofensiva turca contra uma milícia curda síria aliada dos Estados Unidos. As Unidades de Proteção do Povo (YPG) são a principal força terrestre aliada dos EUA na Síria, mas a Turquia considera que a milícia tem ligações a grupos extremistas.