zero

Zero quer medidas e investimentos para um futuro mais sustentável

A associação ambientalista Zero considera que os benefícios causados pela crise pandémica ao nível da mobilidade, do ruído e da poluição são uma oportunidade para um futuro mais sustentável, defendendo a implementação de medidas e mais investimentos.

OE2021: Associação Zero pede “escrutínio mais apurado” do Fundo Ambiental

A associação ambientalista Zero pediu hoje “um escrutínio mais apurado” do Fundo Ambiental, num documento com “propostas, correções e elogios” enviado aos partidos na perspetiva do debate na especialidade do Orçamento do Estado (OE) para 2021.

Zero exige contrapartidas para apoios às companhias aéreas

A associação ambientalista Zero exigiu hoje contrapartidas para os apoios dos Estados às companhias aéreas devido à crise provocada pela covid-19, como o fim da isenção de impostos e uma inversão do crescimento das suas emissões poluentes.
antonio_costa_pedro_sanchez_cop25_conferencia_ambiente

COP25: Oikos e Zero responsabilizam Estados Unidos, Austrália, e Brasil por “resultado pouco positivo”

As organizações ambientalistas consideram que é “cada vez maior” a diferença entre o que as pessoas exigem por um futuro seguro para o clima e o que os líderes estão dispostos a fazer “à medida que as emissões aumentam, a produção de combustíveis fósseis se expande e os impactos são mais dramáticos”.

Grupo Pestana interpõe segunda providência cautelar contra obras no porto de Setúbal

A oposição às obras de ampliação do porto de Setúbal, está a crescer entre diversas entidades, organizações, associações e empresas.

Parque das Nações é a zona mais poluída de Lisboa

Segundo a associação ambientalista, Zero, disse que o Parque das Nações “apresenta problemas mais sérios de qualidade do ar, com uma elevada probabilidade de exceder consideravelmente os valores-limite fixados pela legislação”.

Portugal já gastou todos os recursos naturais deste ano, diz associação ZERO

A associação ambientalista ZERO alertou hoje que Portugal já gastou todos os recursos naturais disponíveis para este ano, 21 dias mais cedo do que no ano passado.

Só 8% dos gases nocivos vindos de frigoríficos são tratados (90% vai para a atmosfera)

Os dados, recolhidos pela Agência Portuguesa do Ambiente e divulgados este sábado pela associação ambientalista Zero, mostram que apenas 27 toneladas de gases de refrigeração –das 322 toneladas que estão nos equipamentos de frio – tiveram tratamento.

Zonas balneares com ida à água desaconselhada ou proibida duplicaram

O desaconselhamento ou proibição de banhos, mesmo que durante um curto período de tempo, afetou até 15 de agosto 38 praias em Portugal, um valor que representa 6,3% do total das águas balneares, o dobro do ano passado.
Ver mais artigos