“Estabilidade do crescimento não pode ficar entre 2% a 3% do PIB”, alerta CEO da Siemens Portugal

“Se não houver capacidade de previsão nos impostos, por exemplo, é mais difícil atrair investimento estrangeiro. O smart money quer ser ressarcido do seu investimento. Estabilidade do crescimento não pode ficar entre os 2% e os 3% do PIB. Temos que passar para o patamar dos 3% para os 5% de crescimento e ser mais ambiciosos”, destacou o CEO da Siemens Portugal.

Em entrevista exclusiva ao JE, Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, considera que Portugal pode ser atrativo para o investimento estrangeiro desde que exista uma estabilidade no crescimento do PIB e que o mesmo tem que subir para o patamar dos 3% a 5% do PIB.

“Se não houver capacidade de previsão nos impostos, por exemplo, é mais difícil atrair investimento estrangeiro. O smart money quer ser ressarcido do seu investimento. Estabilidade do crescimento não pode ficar entre os 2% e os 3% do PIB. Temos que passar para o patamar dos 3% para os 5% de crescimento e ser mais ambiciosos”, destacou o CEO da Siemens Portugal.

A Siemens é uma das maiores exportadoras de tecnologia em Portugal, com foco na inovação em áreas como as redes de energia, hospitais, transportes e redes de água.

Relacionadas

CEO da Siemens Portugal: “Estamos a pagar melhores salários do que a média”

“Temos três mil empregados e 58 nacionalidades. Costumo dizer que é as Nações Unidas da Siemens. Estamos a pagar melhor que a média, é muito importante pagar melhor do que a média da indústria”, destacou Pedro Pires de Miranda, CEO da Siemens Portugal.

“Não vale a pena injetar dinheiro na economia se não for em investimentos sustentáveis”, destaca CEO da Siemens Portugal

“O futuro da Siemens em Portugal passa por exportações, emprego qualificado, emprego sustentável com business case. Não vale a pena injetar dinheiro na economia se não for em investimentos sustentáveis”, realça Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens.

“Vamos contratar pelo menos mais 500 trabalhadores nos próximos cinco anos”. Veja a entrevista ao CEO da Siemens Portugal

Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, é entrevistado pelo subdiretor do JE, Nuno Vinha, sobre os desafios que a Siemens e o país enfrentam nos próximos anos. A Siemens é uma das maiores exportadoras de tecnologia em Portugal, com foco na inovação em áreas como as redes de energia, hospitais, transportes e redes de água.
Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Airbnb. Anfitriões em Lisboa ganharam mais de 11 milhões com a Web Summit desde 2016

O ano passado, um anfitrião típico em Lisboa ganhou em média 400 euros. Nos quatro dias do evento de tecnologia, que regressa à capital portuguesa no próximo mês, foram acolhidos 11 mil hóspedes.

TAP: Sitava diz que falta “sensibilidade e bom senso” à gestão no caso da frota de carros

O Sitava acusou hoje a TAP de falta de “sensibilidade e bom senso”, na polémica sobre a renovação dos carros para administradores, e pediu que a empresa demonstre que não tem dualidade de critérios no cumprimento de contratos.
Comentários