Acordo de Comércio UE-Singapura entra em vigor a 21 de novembro. Agroalimentar sai beneficiado

A UE e Singapura também celebraram um acordo de protecção do investimento, que pode entrar em vigor depois de ter sido ratificado por todos os Estados-membros da UE, de acordo com os seus próprios procedimentos nacionais.

Os Estados-membros da UE aprovaram o acordo comercial entre a UE e Singapura. Quer isto dizer que o acordo entrará em vigor já em 21 de Novembro. O acordo “beneficiará os trabalhadores, os agricultores e as empresas de todas as dimensões”, garante Cecilia Malmström, Comissária responsável pelo Comércio.

Ao abrigo do acordo comercial, Singapura eliminará todos os direitos ainda existentes sobre os produtos da UE. O acordo oferece também novas oportunidades aos prestadores de serviços da UE, nomeadamente em sectores como as telecomunicações, os serviços ambientais, a engenharia, a informática e o transporte marítimo.

Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

Oceanos. Presidente da República destaca papel pioneiro de Portugal nas renováveis

“No caso de Portugal, fomos pioneiros em muitos campos, como as renováveis. Quando começámos a substituir outras formas de energia alguns disseram éramos tolos, não éramos, agora queremos antecipar as metas internacionais”.

DGRM vai promover venda de 743 quilos de alabote congelado que foi apreendido

Para participar da venda, cujo valor mínimo é de 2.125 euros, pressupõe-se a prévia aceitação das condições estipuladas e envio de proposta até ao dia 13 de maio de 2022.

Marcelo elogia Cavaco e aponta Conferência dos Oceanos como “oportunidade única”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou esta segunda-feira o seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva, considerando que deu “projeção cimeira ao mar”, e apontou a Conferência dos Oceanos como uma “oportunidade única” para Portugal.
Comentários