Analistas da XTB no Top 5 do ranking da Bloomberg FX Forecast Accuracy

“A XTB lançou-se com ímpeto para ocupar o 2º lugar na categoria G10 e o 3º lugar na categoria 13 Majors na sondagem global da Bloomberg. Para além disso, a equipa de análise da XTB também provou a sua qualidade de previsões de mercado para os mercados emergentes”, refere a corretora em comunicado.

O Bloomberg FX Forecast Accuracy Rankings deste ano revela que a corretora XTB ocupa o 2º lugar na categoria G10 e o 3º lugar na categoria 13 Majors.

“Os rankings produzidos pela Bloomberg são considerados o maior reconhecimento na indústria financeira. Estes são atualizados trimestralmente e incluem previsões publicadas pelas maiores instituições financeiras mundiais, incluindo a Barclays, BNP Paribas e JP Morgan. A última edição do ranking foi publicada no final do segundo trimestre de 2022 e inclui as previsões mais precisas dos últimos 12 meses”, revela a XTB em comunicado.

“A XTB lançou-se com ímpeto para ocupar o 2º lugar na categoria G10 e o 3º lugar na categoria 13 Majors na sondagem global da Bloomberg. Para além disso, a equipa de análise da XTB também provou a sua qualidade de previsões de mercado para os mercados emergentes. Revelou-se a melhor nas suas previsões para os pares de moedas CEE: EURPLN, USDCZK, EURHUF. Isso também os levou à terceira posição no ranking dos mercados emergentes”, avança a corretora.

As entidades do Grupo XTB são supervisionadas pelos maiores reguladores do mundo, incluindo FCA, CySEC e KNF, e em Portugal pela CMVM

A XTB diz ainda que a sua “característica distintiva é a educação e o fornecimento aos investidores de uma enriquecida base de conhecimentos que inclui análises, notificações de mercado e as notícias mais recentes”.

“Todos podem ter acesso ao conhecimento dos analistas da XTB, uma vez que todos os dias a empresa fornece aos clientes novos conteúdos sobre o mercado, seja em análises em vídeo ou escritas. Além disso, a XTB tem mais de 170 horas de materiais educativos com a participação dos melhores especialistas, como Henrique Tomé, Nuno Mello ou Eduardo Silva”, conclui.

Recomendadas

Wall Street começa bem mas acaba no vermelho

Os mercados finalmente parecem ter entendido que a Reserva Federal ainda não se decidiu a moderar o aumento das taxas de juro. Antes disso, é preciso que a moderação do crescimento da inflação se consolide.

Bolsa de Lisboa encerra sessão no verde com Galp a liderar ganhos

Além da Galp, BCP encerra sessão a valorizar 3,23% para 0,1567 euros e a Mota-Engil a crescer 1,81% para 1,204 euros.

Wall Street abre em terreno positivo

No mercado petrolífero, o Brent sobe 1,31% para 98,68 dólares por barril e o WTI ganha 1,53% para 93,34 dólares.  
Comentários