BCP e REN lideram ganhos na bolsa de Lisboa

Em contraste ao PSI, nas bolsas europeias a tendência nas principais praças é de desvalorização das bolsas.

A Bolsa de Lisboa (PSI 20) está a subir 0,15%, para os 5.843,41 pontos. O BCP e a REN estão a liderar os ganhos.

O BCP está a subir 3,34% para 0,1698 euros, seguido da REN, que subiu 1,43% para 2,845 euros. Na terceira posição está a Galp, que sobe 0,26% para os 10,82 euros.

Em quebra, destaca-se a Jerónimo Martins, que regista uma descida em 1,38% para os 18,55 euros, a EDP, que desce 0,48% para os 12.64 euros. A Greenvolt também desvaloriza, em 0,58%, descendo para os 6,81 euros.

A análise do Millenium Investment banking destaca a valorização do PSI impulsionada pela continuação dos ganhos do BCP e pelas subidas de REN e Galp. “A travar está a Altri, depois de uma sessão muito positiva ontem considerando o destacamento do dividendo e das ações da Greenvolt. Os CTT descontam dividendo”, refere ainda o documento.

Em contraste ao PSI, nas bolsas europeias a tendência nas principais praças é de desvalorização das bolsas, com o índice da Eurostock 50 a atingir a maior descida, de 0,35%, para 3.728,45. Já o petróleo Brent está a ganhar 1,31% para 113,37 dólares.

Nas praças europeias, salienta-se ainda as perdas da DAX (Alemanha) de 0,18%, o FTSE 100 (Reino Unido) desce 0,25%, o CAC 40 (França) desvaloriza 0,21%, e o IBEX 35 (Espanha) está a desvalorizar 0,22%.

Segundo a análise do Millennium Investment Banking, “os principais índices europeus mantêm-se em território misto, sem grandes variações, mesmo após os dados da inflação na ­Europa terem confirmado que a mesma se manteve num patamar elevado no mês de abril, justificando uma atitude mais hawkish por parte de alguns membros do conselho do BCE”.

O analista Ramiro Loureiro do Millennium refere que os mercados indicam neste momento uma tendência em andar ao “sabor” das yields, reagindo em baixa a subidas e em alta a quedas das taxas de juro soberanas.

 

[notícia atualizada às 12:46]

Recomendadas

Wall Street recupera e vai de fim de semana com subidas

Ainda assim, os títulos da Meta Platforms, que detém o Facebook, deslizaram após vir a público que a empresa liderada por Mark Zuckerberg está a cortar os planos de contratação de engenheiros, antecipando uma eventual desaceleração económica.

PSI fecha no verde com EDP Renováveis a disparar mais de 5% e EDP mais de 4%

Apesar da leitura preliminar da inflação, no mês de junho, ter registado um novo pico, acima do esperado, os mercados não reagiram negativamente. Ainda assim as bolsas da Europa fecharam mistas. Energia e utilities em forte alta.

Wall Street entra em julho com o pé esquerdo

O sector dos semicondutores está a cair após a empresa Micron Technology, fabricante de chips, ter apresentado um ‘guidance’ fiscal para o quarto trimestre que desiludiu o mercado. As concorrentes perdem mais de 2% no arranque da última sessão da semana.
Comentários