Belgas investem 7,5 milhões de euros em retiro na Serra da Estrela

Espaço denominado como ‘New Life Portugal’ fica inserido no parque natural da Serra da Estrela, com o investimento a contar também com o apoio do Turismo de Portugal, através de linha de apoio à qualificação da oferta, e do Portugal 2020.

O parque natural da Serra da Estrela vai ter um projeto dedicado ao lazer e bem estar através do investimento de 7,5 milhões de euros de investidores belgas. O projeto ‘New Life Portugal’, ficará inserido retiro na freguesia de Folgosinho, pertencente ao município de Gouveia.

Apesar da maior parte do investimento ser de investidores da região de Antuérpia, na Bélgica e portugueses, este projeto conta também com o apoio do Turismo de Portugal, através de linha de apoio à qualificação da oferta, e do Portugal 2020.

Esta propriedade engloba uma área de 13 hectares, sendo constituída por dez quintas de pedra tradicionais remodeladas em quatro aglomerados residenciais. No total, são 49 suítes para clientes e nove acomodações para funcionários. A equipa é composta por 21 funcionários (10 portugueses, 11 de diferentes nacionalidades).

As instalações incluem um centro comunitário multifuncional com sala de jantar, piscina, sauna, sala de massagem, ginásio e uma sala de meditação com paredes de vidro.

O projeto New Life, é uma iniciativa de Julien Gryp, CEO da empresa, com base na sua experiência de vida e conhecimentos recolhidos através da gestão do projeto de retiro na Tailândia, e apoiado por um grupo de, permitiu uma cooperação pública e privada para desenvolver o projeto em Portugal.

De acordo com o comunicado, a grande maioria deste investimento foi aplicado nas economias locais, regionais e nacionais, contratando arquitetos, sociedade de advogados, empresas de assessoria, empresas de fiscalização, empresas de construção e suas subcontratadas, todos regionais ou locais.

Julien Gryp, CEO da New Life, salienta que “estamos convencidos que com todo este apoio, o sucesso deste investimento é garantido, pois todos nós, investidores privados, entidades públicas, companhias privadas e o Governo Português, acreditamos na necessidade de um projeto como este”.

Recomendadas

Tiko recruta administrador financeiro na JP Morgan

Andrea Baielli foi nomeado Chief Financial Officer (CFO) pelo Conselho de Administração da Tiko que é uma empresa espanhola do setor Proptech com escritórios em Madrid, Barcelona, Valência, Bilbau, Málaga, Sevilha, Zaragoza, Lisboa, Setúbal e Porto.

Uma solução para a proteção contra a inflação

Pelas características de reduzida volatilidade, os fundos de investimento imobiliários têm sido a opção para períodos de inflação, um tema que voltou a preocupar. O valor líquido sob gestão dos fundos de investimento imobiliários supera os 10.100 milhões de euros.

“Intenção é captar mil milhões nos clientes de toda a Europa”

Em entrevista ao JE, José Gavino traça como objetivo para o mercado português em 2022 a captação de 25 milhões de euros ao nível de clientes e deseja ter uma carteira de ativos mais diversificada, mas sem “seguir nenhuma moda”.
Comentários