BNP Paribas Cardif apoia parceria entre Gasol e Santa Casa para prevenir obesidade infantil

A empresa de seguros é responsável pelo financiamento desta iniciativa em Portugal, “dentro do projeto global de prevenção e redução da obesidade infantil”.

O BNP Paribas Cardif anunciou que se aliou à parceria entre a Gasol Foundation e a Santa Casa de Misericórdia de Lisboa num projeto para prevenir a obesidade infantil.

A empresa de seguros é responsável pelo financiamento desta iniciativa em Portugal, “dentro do projeto global de prevenção e redução da obesidade infantil”, para além de “disponibilizar voluntários da BNP Paribas Cardif que serão envolvidos em diferentes atividades, como as oficinas com famílias e crianças”.

A BNP Paribas Cardif Iberia terá uma presença forte na implementação do projeto Safalín em Portugal, uma iniciativa que pretende combater e reduzir a obesidade infantil no nosso país.

O Safalín (Saúde, Famílias, Infância) é um programa que tem por objetivo promover hábitos saudáveis, dirigido a crianças entre os 6 e 12 anos e à suas famílias, nomeadamente as que vivem numa situação de vulnerabilidade socioeconómica.

A iniciativa pretende dar ferramentas e capacitar os núcleos familiares para aplicar mudanças nas suas rotinas diárias. A implementar agora em Portugal, o Safalín já causou impacto na Catalunha, através da realização de workshops para mais de 50 famílias, sensibilizadas para a importância dos “4 planetas da Galáxia Saudável”, o que as instituições consideram ser “pilares necessários para promover estilos de vida saudáveis:  a atividade física diária, hábitos alimentares saudáveis, cumprimento das horas de sono recomendadas, e o bem-estar emocional”.

Em conjunto com a BNP Paribas Cardif Iberia, esta será a primeira vez que a Gasol Foundation realiza um projeto em Portugal. Tendo já diversos programas de intervenção em Espanha e nos Estados Unidos, a Fundação, criada pelos irmãos espanhóis Paul e Marc Gasol, ex-jogadores da NBA e atletas olímpicos, tem como missão diminuir a obesidade infantil através da investigação, ações de sensibilização e programas holísticos orientados à promoção de hábitos de vida saudáveis entre famílias e crianças em situação de vulnerabilidade socioeconómica.

A parceria entre ambas as organizações foi mediada pela Fundação Luís Figo. A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é o mais recente parceiro deste projeto, juntando-se à Gasol Foundation para apoiar a missão de promover hábitos de vida saudáveis entre as crianças e as suas famílias.

A intervenção da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa neste projeto irá traduzir-se na cedência de espaços próprios para a realização das várias iniciativas, para além de ser a responsável por mapear as famílias que participarão nas diferentes atividades.

“No total, estima-se que cerca de 45 famílias em situação de vulnerabilidade socioeconómica serão envolvidas nas dinâmicas do projeto Safalín”, refere a nota.

“A participação da BNP Paribas Cardif nesta iniciativa é algo que faz parte da nossa estratégia de fazer a diferença na sociedade em que vivemos. Acreditamos que todos devemos fazer a nossa parte para garantir que as crianças possam ter uma vida saudável e equilibrada”, refere em comunicado Glória Ferreira, Diretora de Comunicação e CSR da BNP Paribas Cardif Iberia.

“A implementação deste projeto em parceria com a Gasol Foundation e, agora, com a Santa Casa de Misericórdia de Lisboa, são passos seguros na construção de uma sociedade que esteja mais alerta e interessada no combate e na prevenção do excesso de peso e da obesidade infantil”, conclui.

O mais recente Relatório da Obesidade da Região Europeia, desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, indicava que o excesso de peso e a obesidade estão entre as principais causas de morte e de incapacidade na região europeia e que, no geral, cerca de dois terços dos adultos e uma em cada três crianças em idade escolar vivem com excesso de peso ou obesidade.

Já Cristina Ribes, diretora executiva da Gasol Foundation Europe, defende que “promover hábitos de vida saudáveis ​​nas famílias e crianças portuguesas é um grande passo na redução das desigualdades sociais neste país, que está, juntamente com Espanha, entre os países europeus com maior prevalência de excesso de peso infantil”.

“Poder colaborar com duas entidades como a BNP Paribas Cardif Ibéria e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa garante que o projeto Safalín tenha uma boa base para o seu sucesso”, comenta.

A Unidade de Intervenção Familiar (UIF) é uma resposta específica da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) com competência em matéria de infância e juventude e que vai ao encontro da missão da instituição de promover ações de prevenção primária e secundária, visando a promoção, defesa e concretização dos direitos da criança e do jovem.

Recomendadas

Hospital de Loures pediu desvio de doentes não críticos e teve espera superior a 16 horas

O Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, pediu o reencaminhamento de doentes não críticos para outras unidades, disse à Lusa fonte do Sindicato Independente dos Médicos, tendo o tempo de espera dos doentes considerados urgentes ultrapassado hoje as 16 horas.

SICAD alerta para o risco da pobreza fazer renascer consumos dos anos 80 e 90

O diretor-geral do serviço de intervenção nas dependências alertou hoje para o risco da pobreza fazer renascer os consumos “catastróficos” dos anos 80 e 90, caso não seja reforçada a resposta que está muito carenciada de meios humanos.

Diretor da urgência do Santa Maria alerta para falhas no encaminhamento de doentes

O diretor do serviço de urgências do Hospital de Santa Maria alertou hoje para falhas na rede de referenciação dos serviços de urgência, que encaminham demasiados doentes para aquele serviço quando há alternativas, agravando a pressão sentida.
Comentários