Brasileiros votam este domingo na primeira volta das presidenciais

Além de Lula da Silva e Jair Bolsonaro, disputam também as presidenciais brasileiras os candidatos Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D’Ávila, Soraya Tronicke, Eymael, Padre Kelmon, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.

O Brasil realiza este domingo a primeira volta das eleições gerais que definirão o próximo Presidente do país, os governadores dos seus 27 estados e centenas de parlamentares que vão compor as casas legislativas federais e estaduais.

Na disputa pela Presidência brasileira ocorrerá o embate entre o atual chefe de Estado e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro, e o antigo presidente Luis Inácio Lula da Silva, confronto muito esperado face à polarização que divide o país entre a direita radical que apoia o atual governante e as esquerdas lideradas pelo candidato do Partido dos Trabalhadores (PT).

Sondagens divulgadas na última semana antes do sufrágio indicam a possibilidade de uma vitória de Lula da Silva, que tem cerca de 48% das intenções de voto e Bolsonaro com o apoio de cerca de 36%, na primeira volta, se o candidato do PT conseguir atingir 50% dos votos válidos mais um.

No entanto, variáveis como a abstenção e o voto dos indecisos poderão provocar a realização de uma segunda volta a 30 de outubro.

Além de Lula da Silva e Jair Bolsonaro, disputam também as presidenciais brasileiras os candidatos Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D’Ávila, Soraya Tronicke, Eymael, Padre Kelmon, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.

Nestas eleições gerais, pela primeira vez todas as secções eleitorais do Brasil funcionarão das 8h às 17h de Brasília, capital do país, o que obrigará cidades localizadas em fusos horários diferentes a adequarem o horário de votação.

Neste sufrágio estão em jogo também os governos dos 27 estados do país, em disputas protagonizadas por candidatos muito diversos, e as eleições regionais podem-se definir já na primeira volta se um candidato alcançar mais de 50% dos votos nos estados, ou terminar a 30 de outubro quando ocorre a segunda volta das eleições para cargos executivos.

Os brasileiros também elegerão 513 integrantes da Câmara dos Deputados, farão uma renovação parcial do Senado elegendo 27 novos membros, e escolherão centenas de parlamentares regionais que atuarão nas assembleias legislativas dos estados.

Recomendadas

PremiumJoe Biden arrisca teto para o preço do petróleo russo

A decisão não conseguiu consenso na União Europeia. Moscovo adverte que pode ser o primeiro passo para uma crise petrolífera sem precedentes. Com a Ucrânia às escuras e com frio, o Kremlin acha que a NATO já está a combater a Rússia.

Ex-ministro das Finanças do Luxemburgo vai liderar fundo de resgate da zona euro

Num comunicado hoje divulgado, o fundo de resgate do euro indica que “o Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade, que junta os 19 ministros das Finanças da moeda única, nomeou hoje o ex-ministro das finanças luxemburguês Pierre Gramegna para o cargo de diretor-executivo”, que ocupa a partir de 1 de dezembro.

República Srpska: novo governo quer aproximação à Rússia e à China

Parte integrante da Bósnia-Herzegovina, a república sérvia-bósnia, novamente liderada por Milorad Dodik, continua a ter um comportamento desalinhado com o resto da federação.
Comentários