Brussels Airlines cancela 700 voos em julho e agosto para evitar greves

Num primeiro momento estava previsto o cancelamento de 148 voos durante o mês de julho, mas afinal serão anulados 675 voos durante os dois meses de verão, por pressão dos sindicatos.

A companhia Brussels Airlines vai cancelar cerca de 700 voos entre julho e agosto para reduzir a carga de trabalho dos seus funcionários e evitar novas greves como a que teve lugar no final de junho.

Os cancelamentos equivalem a 6% dos voos programados para essa temporada e a Brussels Airlines estima perder cerca de 10 milhões de euros com a decisão, mas segundo os ‘media’ locais esse número é idêntico ao da primeira estimativa dos prejuízos causados pela greve de pilotos e pessoal de cabine durante três dias em junho.

Segundo a agência Europa Press, num primeiro momento estava previsto o cancelamento de 148 voos durante o mês de julho, mas afinal serão anulados 675 voos durante os dois meses de verão, por pressão dos sindicatos, tendo a companhia assegurado que não pode assumir mais cancelamentos.

Após ter sido anunciada a decisão, os sindicatos e a empresa retomam os contactos para encontrar soluções a curto prazo para a “sobrecarga” de trabalho denunciada por pilotos e tripulantes e deixarão as negociações sobre medidas a um prazo mais longo para o final do verão.

Recomendadas

FC Porto – Sporting: Apostadores atribuem favoritismo aos dragões

Apenas 10,5% acreditam na vitória dos ‘leões’, enquanto a existência de golos para as duas equipas é praticamente unânime, de acordo com os dados divulgados pela casa de apostas Betano.

Banco de Portugal divulga lista de 11 entidades sem autorização para conceder crédito

O Banco de Portugal divulgou esta sexta-feira uma lista de 11 entidades que não estão habilitadas a conceder, intermediar ou exercer consultadoria de crédito. Saiba quais são.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.
Comentários