CEO da PHC: “Software diferencia as empresas da concorrência”

Ricardo Parreira discursou na abertura da conferência “Open Minds”, em Santa Maria da Feira, sobre a importância do gestor moderno.

De sweatshirt preta e calças de ganga subiram ao palco da conferência anual da PHC Software os principais porta-vozes da empresa. Ricardo Parreira, CEO da tecnológica, e Cláudia Raposo, COO, intervieram na abertura da “Open Minds”, em Santa Maria da Feira, onde se focaram na importância do gestor moderno.

“O maior obstáculo é o gestor que adora o Excel, que mantém a equipa agarrada ao passado, que diz ‘as pessoas da equipa são para trabalhar e não para conversar’, que usa o software porque é obrigado a isso”, disse o presidente da PHC Software, envergando o logo da empresa com informalidade.

A empresa de software de gestão reuniu os colaboradores e os seus stakeholders num evento no qual estará a apresentar a nova geração de ERP – um sistema de gestão empresarial – e as mais recentes funcionalidades do “drive fx”, um software de gestão da PHC, esta quinta-feira, 15 de março.

“O software diferencia da concorrência e dá uma identidade própria”, argumentou Ricardo Parreira.

O número um da PHC apresentou números da Comissão Europeia sobre a comparação da produtividade e das horas trabalhadas em Portugal e noutros Estados-Membro da União Europeia, que colocam o país numa posição inferior em termos de proporção dessas variáveis. O CEO tem uma solução: trabalhar a imagem da gestão das empresas.

No arranque do evento, Ricardo Parreira citou Darwin, destacou a importância da adaptabilidade e a preocupação com o recrutamento e a retenção do talento. A seu ver, o tão ansiado gestor moderno sabe tirar partido da colaboração e da gestão do tempo, bem como aproveitar todos os pontos de toque disponíveis com o cliente, como redes sociais, website, loja online.

Na sua perspetiva, os gestores modernos sabem tirar partido dos desenvolvimentos legais, e exemplificou: “O Regulamento Geral da Proteção de Dados é uma ótima oportunidade para gerir a quantidade de dados pessoais que há num software”. O CEO acredita que os empresários devem, a partir do próximo dia 25 de maio, aproveitar o quadro legal em vez de pensar “mais uma lei, mais uma regra”.

 

Relacionadas

CEO da PHC: “Um líder pode destruir ou construir uma equipa”

Ricardo Parreira lidera uma empresa com 170 colaboradores, dos quais 44% são mulheres. Em entrevista ao Jornal Económico, o CEO da tecnológica explica

Estes são os vídeos portugueses mais populares no YouTube em 2017

A plataforma de vídeo mais famosa do mundo anunciou hoje quais foram os 10 vídeos portugueses mais populares deste ano. Descubra-os aqui.

Tecnologia irá destruir e criar funções e profissões

Vai a automatização e a inteligência artificial eliminar muitos postos de trabalho? É certo que sim, mas no lugar desses vão surgir outros. Profissões que ainda nem existem nos dias de hoje.

Até amanhã, a PHC Software ajuda jovens a aprender a programar

Projeto da multinacional portuguesa promove a literacia digital e prepara jovens, entre os 12 e 15 anos, em situação socioeconómica mais vulnerável para as competências do futuro.
Recomendadas

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Região de Coimbra lança Academia Gastronómica para reforçar distinção europeia

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai promover, em 2023, um conjunto de iniciativas para reforçar o estatuto de Região Europeia de Gastronomia com que foi distinguida no biénio de 2021-2022.
Comentários