Confederação de Agricultura diz que situação difícil no sector exige o reforço do Ministério da Agricultura

Segundo a CNA “os abusos da grande distribuição alimentar e da indústria da madeira que pressionam em baixa os preços pagos aos agricultores” têm sido problema.

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) referiu a situação que “difícil no sector exige o reforço do Ministério da Agricultura”, esta sexta-feira.

“Perante as dificuldades crescentes que afetam o sector agrícola, a CNA considera imprescindível o reforço do Ministério da Agricultura, de forma a defender os rendimentos dos agricultores e da agricultura familiar e a garantir o acesso dos cidadãos a uma alimentação de qualidade”, diz a confederação.

Segundo a CNA “os abusos da grande distribuição alimentar e da indústria da madeira que pressionam em baixa os preços pagos aos agricultores e produtores florestais, o envelhecimento do tecido agrícola e a desertificação humana das zonas rurais, a que agora se somam dificuldades devido à seca, são problemas que é urgente resolver”.

“Ao mesmo tempo, as grandes implicações da PAC na agricultura nacional e na vida dos agricultores também recomendam uma presença nacional especificamente clara e forte no contexto da PAC e da União Europeia (UE)”, aponta a Confederação.

Para a CNA “uma resposta eficaz só é possível com um Ministério da Agricultura reforçado, que abranja as áreas da floresta e do desenvolvimento rural, e com competências, meios e recursos humanos necessários para apoiar o trabalho e a gestão das explorações agrícolas familiares em todo o território nacional”.

“As políticas nacionais dos anteriores Governos e as da UE têm provocado o agravamento dos problemas no sector e levado à eliminação de milhares explorações agrícolas, sobretudo da agricultura familiar”, aponta a representante dos agricultores.

Recomendadas

Ministra da Agricultura: direções regionais não vão ser extintas

Maria do Céu Antunes esclareceu que as direções regionais de agricultura não vão ser extintas no âmbito da transferência de competências para as comissões de coordenação e desenvolvimento regional.

Seca: Barragem de Mirandela está a perder a pouca água que tem para regadio

O presidente da Associação de Beneficiários do Perímetro de Rega de Vale Madeiro, Emanuel Batista, disse hoje que a barragem de regadio do distrito de Bragança em situação mais crítica está a perder a pouca água que tem.

Agricultores acusam governo de matar as Direções Regionais de Agricultura e desmantelar o sector

CAP e CONFAGRI estão incrédulas com a decisão do Governo de extinguir as Direções Regionais de Agricultura e transferir as suas competências para as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional. “É uma medida abusiva, absurda, antidemocrática e inaceitável”, afirma a histórica estrutura liderada por Eduardo Oliveira e Sousa.
Comentários