CTT e BCP põem bolsa de Lisboa no verde, Europa maioritariamente negativa

O Plano de Reestruturação dos CTT, anunciado após o fecho do mercado, levou as ações a disparar 2,34% para 3,494 euros. O BCP também ajudou ao subir 1,58% para 0,2695 euros

Benoit Tessier / Reuters

O Plano de Reestruturação dos CTT, anunciado após o fecho do mercado, levou as ações a disparar 2,34% para 3,494 euros. O BCP também ajudou ao subir 1,58% para 0,2695  euros. Estas subidas são as principais responsáveis pelo índice PSI 20 ter fechado ligeiramente em terreno positivo nos 5.431,01 pontos (+0,04%), em contraciclo com a Europa, que maioritariamente fechou em queda.

Isto apesar da queda da NOS -1,90%; da Semapa -1,40% e a Corticeira Amorim -1,11%.

O EuroStoxx 50 perdeu 0,75% para 3.582,22 pontos, ao passo que o Dax alemão caiu 0,72% para 13.215,8 pontos e o Ibex deslizou 0,10%. O CAC 40 caiu 0,69%. Só o FTSE de Londres fechou positivo com subida de 0,09% para 7.544,1 pontos.

Em termos macroecnómicos o índice de custo de trabalho do Eurostat diz que no 3º trimestre de 2017, diminuiu 1,1% (variação homóloga) em Portugal, e cresceu 1,6% (variação homóloga) na Zona Euro e 2,1% na UE a 28.

Já a produção no Sector da Construção (segundo o Eurostat), em outubro de 2017, em comparação com o mês anterior, a produção no sector de construção registou diminuições de 0,8% em Portugal, 0,4% na Zona Euro e de 0,7% na UE a 28.

Ainda em termos macroeconómicos, a Alemanha viu hoje o instituto Ifo divulgar a quebra da confiança dos empresários em dezembro face a novembro.

Por outro lado o Ifo espera que a produção económica cresça 2% por cento no leste da Alemanha no ano que vem e 2,2% na Saxónia. “A Alemanha está no bom caminho para um boom. A Alemanha Oriental pode beneficiar desta tendência, mas está atualmente atrasada ligeiramente em relação ao país como um todo, devido à política económica da região “, diz Joachim Ragnitz, Diretor Executivo Adjunto da ifo Dresden.

“Isto significa que o crescimento económico no leste da Alemanha ficou atrás dos números nacionais pela primeira vez em três anos”, acrescenta Ragnitz.

O Ifo Institute espera que o número de pessoas empregadas aumente em mais de 110 mil no leste da Alemanha em 2017, com uma recuperação de 20 mil no Estado da Saxónia. Em 2018, esse valor aumentará em cerca de 85 mil no leste da Alemanha e 20 mil na Saxónia.

As exportações e os investimentos aumentaram acentuadamente ao longo do ano. Isso beneficiou os produtores de bens de capital e o setor da construção de imóveis comerciais no leste da Alemanha, que claramente ganhou ímpeto. Após um 2016 muito forte, a taxa de crescimento na construção residencial, ao contrário, diminuiu ligeiramente em 2017.

Em termos de mercado de bonds, os juros da dívida portuguesa subiram hoje 4,1 pontos base, depois de várias sessões em queda a refletir a subida do rating da Fitch, para 1,78%, mas como Itália também viu os juros subirem (9,5 pontos base) para 1,9% o diferencial face à dívida italiana continua favorável a Portugal.

Espanha viu os seus juros a 10 anos subirem 4,4 pontos base para 1,47% e a Alemanha também viu os juros agravarem 6,7 pontos base para 0,37% de yield.

O euro valorizou face ao dólar 0,48% para 1,1838 dólares.

O petróleo Brent na bolsa de Londres subiu 0,46% para 63,7 dólares e o petróleo WTI ganha 0,49% na NYSE para 57,44 dólares.

(atualizada)

Recomendadas

OPEP+ deverá anunciar corte na produção de petróleo na próxima reunião

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os seus aliados está a considerar um corte na produção de petróleo de mais de um milhão de barris por dia na quarta-feira, naquela que será a primeira reunião presencial desde o início da pandemia.

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 
Comentários