PremiumDreaming of a Landscape lança novo single “RUSTIC”

Sendo originalmente um projeto a solo, levado a cabo por Diomar Rocha, este novo tema marca a primeira aposta num trabalho coletivo. No projeto DOAL, iniciado em 2017, integram agora André Paixão na bateria, Ricardo Paixão no baixo e Filipe Sousa na guitarra.

A banda madeirense Dreaming of a Landscape (DOAL) lançou, no passado dia 30 de dezembro, o tema “RUSTIC” em preparação para o novo álbum, previsto para estrear “algures em fevereiro”, promete o vocalista e compositor Diomar Rocha, em conversa com o Económico Madeira.

Sendo originalmente um projeto a solo, levado a cabo por Diomar Rocha, este novo tema marca a primeira aposta num trabalho coletivo. No projeto DOAL, iniciado em 2017, integram agora André Paixão na bateria, Ricardo Paixão no baixo e Filipe Sousa na guitarra.

Na sua génese, Dreaming of a Landscape como projeto a solo adveio do impulso de se “aventurar na composição e exploração musical”, adianta Diomar Rocha, e, de facto, revelou ser um projeto sonoramente eclético, misturando o jazz, o country e o metal, para mais tarde apostar também midwest Emo e no indie rock.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 14 de janeiro.

Recomendadas

PremiumPowerme: divulgar campanhas através de power banks

“A chegada da Powerme à área metropolitana do Porto e à região do Algarve é um passo importante que nos permite atingir, com Lisboa, uma audiência seis vezes superior”

PremiumTimor-Leste 20 anos depois

Volvidas duas décadas desde a independência, apesar dos progressos feitos na melhoria do nível de vida, os níveis de pobreza permanecem elevados. Quais são agora as prioridades, segundo Ramos-Horta, Ana Gomes e Helder da Costa.

PremiumNovo ‘managing partner’ da Sérvulo antevê “ambiente mais competitivo” na advocacia

Manuel Magalhães, sócio de Financeiro e ‘Governance’, sucede a Paulo Câmara em setembro. A nova comissão executiva da sociedade de advogados será anunciada daqui a dois meses.
Comentários