E.Life permite procurar casa sem sair do Facebook

O ‘chatbot’ permite encontrar imóveis, anunciar e ativar notificações, gravar o perfil de busca e enviar alertas personalizados.

A “ERA Imobiliária” aceitou o desafio da E.Life, grupo especializado em Inteligência de Mercado e Gestão do relacionamento nas Redes Sociais, e tem já em funcionamento um chatbot, programa de computador capaz de gerar conversações com os utilizadores, recorrendo a regras de linguagem de programação ou inteligência artificial, capaz de possibilitar aos seus consumidores comprar ou arrendar uma casa, sem sair do Facebook.

O chatbot desenvolvido pela E.Life permite não só encontrar imóveis, como também anunciar e ativar notificações, gravar o perfil de busca e enviar alertas personalizados.

Atualmente, o grupo E.life está presente na Alemanha, Espanha, México e Portugal, e conta com cerca de 300 colaboradores e mais de 100 clientes ativos.

Os três core businesses do Grupo passam pela Monitorização e análise da Social Media, Atendimento e Relacionamento nestes espaços (social CRM) e a ativação de marcas com a agência SA365. A E.Life conta também com uma solução SaaS para avaliação da Social Media, o Buzzmonitor, e conta com várias soluções de Social Big Data, de Chatbots e Employer Advocacy.

Recomendadas

Das gomas com nutrientes ao chocolate de microalgas. Startups e investigadores estão a mudar a alimentação

“Temos de mudar. Os nossos sistemas alimentares vão ter de mudar, porque os enormes desafios que existem neste momento para a sociedade são prementes”, alertou esta terça-feira Paulo Monteiro Marques, administrador da associação Colab4Food e assessor da direção da Sumol+Compal.

QR Codes, o futuro da restauração?

Através de QR codes, a aplicação Biip permite aceder aos menus de estabelecimentos, fazer o pedido e pagar a conta em poucos segundos.

Weezie. Startup entra no mercado norte-americano através de operadora de telecomunicações

Os primeiros passos da empresa do Porto nos Estados Unidos estão a ser dados através de um acordo com a fornecedora de serviços de Internet de Kentucky, a ZetaLink.
Comentários