EDP quer investir 1,5 mil milhões de euros em projetos renováveis no oceano até 2025

A empresa reforça o investimento na energia eólica offshore e vai apresentar as suas ideias na conferência dos Oceanos, promovida pela ONU, na próxima semana.

A EDP planeia investir 1,5 mil milhões de euros em projetos renováveis no oceano até 2025. Num comunicado divulgado no seu site, a empresa fala na intenção de fortalecer o caminho de transição energética através da “aposta na energia eólica offshore.”

A empresa chama a atenção para o Plano Estratégico apresentado no ano passado, em que refere o objetivo de adicionar capacidade eólica à Ocean Winds (OW) – na qual a EDP tem uma participação de 50% -, nomeadamente no setor eólico offshore.

A EDP adianta no mesmo comunicado a previsão de “acrescentar 5 a 7 gigawatts de projetos que estarão em operação ou em construção e 5 a 10 GW de projetos em desenvolvimento avançado”.

A conferência dos Oceanos, promovida pela ONU, vai realizar-se em Lisboa na próxima semana e conta com a associação da EDP. A empresa vai aproveitar para dar a conhecer estes planos de investimento, que vão na linha dos compromissos de “eliminar a produção a carvão até 2025 e ser 100% verde até 2030”.

Recomendadas

BES/GES: Passos Coelho ouvido em tribunal durante cerca de duas horas

Passos Coelho chegou ao Campus da Justiça pelas 14h05 e avisou logo que não iria prestar declarações à entrada do tribunal por estar “um bocadinho atrasado”, uma vez que a sua audição estava agendada para as 14h00.

Pedro Morais Leitão é o novo administrador-delegado da Media Capital

“Pedro Morais Leitão regressa, assim, ao grupo Media Capital, onde já desempenhou funções de administrador da Media Capital Multimédia e foi responsável pela fundação do portal IOL”, adianta a dona da TVI e da CNN Portugal.

Flexdeal com lucros consolidados de cerca de 160 mil euros entre outubro e março

A empresa apresentou ao mercado o seu Relatório de Gestão Intercalar, relativo ao período de 1 de outubro de 2022 a 31 de março de 2022. O resultado líquido do período atribuível à Flexdeal terminado em 31 de março de 2022 foi de 203.044,31 euros. O resultado líquido consolidado do período foi de 159.677,49 euros.
Comentários