EDP Renováveis conclui venda de participação em portefolio eólico ao Grupo Finerge

A EDP Renováveis informou a 10 de agosto deste ano que o acordo, que prevê a concretização do negócio no último trimestre deste ano, inclui sete parques eólicos em operação nas regiões de Ávila e da Catalunha, em Espanha. Acordo foi concluído esta terça-feira.

A EDP anunciou esta terça-feira, em comunicado à CMVM, a conclusão da venda de participação em portefólio eólico ao Grupo Finerge por parte da EDP Renováveis

“No seguimento da informação anunciada a 10 de Agosto de 2020, foi concluída a venda da sua participação acionista total, num portfólio operacional de tecnologia eólica onshore com 242 MW de capacidade instalada em Espanha, ao Grupo Finerge, por um valor total de aproximadamente €450 milhões”, pode ler-se no comunicado da EDP à CMVM.

Informa a EDP que “a alienação anunciada hoje faz parte da estratégia de rotação de ativos para o período 2019-22, contemplada no Strategic Update anunciado a 12 de Março de 2019”.

A EDP Renováveis informou a 10 de agosto deste ano que o acordo, que prevê a concretização do negócio no último trimestre deste ano, inclui sete parques eólicos em operação nas regiões de Ávila e da Catalunha, em Espanha. O enterprise value apurado da transação situa-se nos 507 milhões de euros. Já para a Finerge, a operação representa um aumento de 22% da sua capacidade instalada e o continuar da sua “lógica de expansão e crescimento na Península Ibérica”, onde é já o sexto maior operador eólico.

Recomendadas

EDP Renováveis vende Companhia Paranaense de Energia por 350 milhões de euros

A venda foi feita por um Enterprise Value (inclui dívida) estimado de 1,80 mil milhões de reais a 31 de dezembro de 2021 (o que equivale a 0,35 mil milhões de euros à taxa cambial de 5,16 euros/um real), e que será ajustado à data de conclusão.

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.
Comentários