“Custo das monarquias é tema tabu. Família Real britânica não é a mais cara da Europa”, revela especialista ao JE

Quanto custa manter uma família real e quanto rende a realeza aos cofres do Estado britânico? E como são esses gastos nas dez monarquias que ainda existem na Europa? “O custo das monarquias é um tema tabu”, realça Alberto Miranda, jornalista e comentador, especializado em famílias reais e autor do livro “As Dez Monarquias da Europa”, em entrevista nesta “Fast Talk”.

Uma rainha para a história. O Reino Unido festeja por estes dias o Jubileu de Platina de Isabel II e calcula-se que Londres receba cerca de 8 milhões de pessoas. São 70 anos no trono e uma longa história que se confunde com a história recente do Reino Unido.

Mas afinal, quanto custa manter uma família real e quanto rende a realeza aos cofres do Estado britânico? E como são esses gastos nas dez monarquias que ainda existem na Europa?

Para esta reflexão, convidámos Alberto Miranda, jornalista e comentador, especializado em famílias reais e autor do livro “As Dez Monarquias da Europa”. “O custo das monarquias é um tema tabu”, reconhece este especialista.

Recomendadas

“Foi único”. Criador português da plataforma Ukraine Live Aid elogiado por CEO da Microsoft

Edgar Simões, engenheiro de Power Platform Support na Microsoft Portugal, criou a plataforma Ukraine Live Aid, plataforma digital de apoio a refugiados ucranianos, pouco depois da invasão da Rússia ao país. Com esta iniciativa, Edgar Simões ganhou um emprego na Microsoft e recebeu elogios públicos do CEO do gigante tecnológico.

Inês Sousa Real: “Combate às alterações climáticas não é inimigo da competitividade”. Veja a entrevista ao JE

Eleita porta-voz do PAN há um ano, Inês Sousa Real viu o seu partido perder metade dos votos nas últimas legislativas e é agora deputada única numa representação partidária que chegou a contar com quatro deputados. Que desafios se colocam ao partido num contexto de maioria absoluta do PS? Veja a entrevista conduzida por Ricardo Santos Ferreira, subdiretor do JE.

Transição energética: conheça os incentivos do Governo para atingir a neutralidade carbónica

Para cumprir o objetivo de neutralidade carbónica até 2050, o Governo lançou um conjunto de incentivos para que consumidores e empresas se juntem ao movimento. Saiba que incentivos são esses Regina Xavier, responsável pela área de Energia do ComparaJá.pt, explica que incentivos são esses neste vídeo em parceria com o Economize.
Comentários