Força Aérea pretende aumentar contingente militar na Madeira

A Força Aérea pretende também aumentar a rotação do seu contingente na região autónoma, e prevê também a reabilitação das suas instalações.

A Força Aérea pretende um aumento e maior rotação do seu efetivo militar presente na Madeira, e também uma eventual reabilitação das suas instalações. Estas intenções foram transmitidas pelo chefe do estado-maior da Força Aérea, João Cartaxo Alves, durante uma audiência com o representante da República para a Região Autónoma da Madeira, Ireneu Barreto.

João Cartaxo Alves disse também que outra pretensão passa pelo aumento da capacidade de ação da Força Aérea nas competências que lhe são determinadas.

Já o representante da República manifestou o seu apreço pelas Forças Armadas Portuguesas, onde inclui a Força Aérea, pela “atuação permanente no apoio às populações como também em ações de defesa nacional e internacional, defendendo a sua valorização institucional, profissional e funcional”, e deixou votos de maior sucesso no mandato de João Cartaxo Alves.

Recomendadas

PS questiona eficácia da “tardia” estratégia regional contra a pobreza na Madeira

O PS requereu um debate protestativo sob tema a pobreza na Região Autónoma da Madeira, o qual ocorreu esta quarta-feira, dia 18, na Assembleia Legislativa da Madeira (ALRAM). A Secretária regional de Inclusão e Cidadania, Rita Andrade, participou no debate.

IHM procura mitigar problema da desertificação do centro do Funchal

Neste sentido, a IHM tem procurado divulgar os principais programas de apoio habitacional disponibilizados, destacando o Programa de Recuperação de Imóveis Degradados (PRID), bem como dos apoios financeiros que são concedidos para o arrendamento, como é o caso do PRAHABITAR, e o Programa de Apoio a Desempregados (PAD).

Funchal encaminha 20% do total de resíduos produzidos para reciclagem

O Funchal produz cerca de 62.000 toneladas de resíduos urbanos por ano.
Comentários