Governo aprova alterações ao regime especial para centrais de biomassa

O decreto-lei define novos prazos para apresentação dos pedidos de instalação e exploração de centrais de valorização de biomassa.

O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, o decreto-lei com alterações ao regime especial e extraordinário para instalação e exploração de novas centrais de biomassa, pelo contributo que podem dar no combate aos incêndios rurais.

“Foi aprovado o decreto-lei que procede à alteração do regime especial e extraordinário para a instalação e exploração de novas centrais de valorização de biomassa, considerando o relevante contributo que podem assumir na defesa da floresta e no combate aos incêndios rurais”, lê-se no comunicado divulgado após a reunião do Conselho de Ministros, que não teve a habitual conferência de imprensa.

Segundo a mesma nota, o decreto-lei define novos prazos para apresentação dos pedidos de instalação e exploração de centrais de valorização de biomassa.

O documento contempla também “pequenos ajustes nos respetivos procedimentos de avaliação e decisão”, para agilizar os processos.

As centrais de biomassa utilizam o vapor produzido pela combustão de materiais orgânicos, como os subprodutos da floresta, para gerar eletricidade.

Recomendadas

CNE diz que propaganda política é “livre” e vê possível crime da Câmara de Lisboa

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considera que a atividade de propaganda política é “livre” em locais públicos e que a retirada de ‘outdoors’ em Lisboa por parte da Câmara Municipal pode constituir crime.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

“A habitação é um drama no nosso país”, alerta Bloco de Esquerda

Mariana Mortágua destacou, no Parlamento, que “constatar que a subida das taxas juros” na habitação está já a “fazer moça não é alarmismo é a nossa responsabilidade”.
Comentários