Governo reconhece “situação muito complexa” no sector leiteiro

O sector leiteiro tem atravessado uma situação muito complexa, difícil, com o crescimento significativo dos custos de produção”, defendeu Rui Martinho, numa audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar.

O secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural reconheceu hoje, em Lisboa, que o setor leiteiro tem atravessado uma situação “muito complexa”, com o aumento dos custos de produção, adiantando que estão a ser avançados apoios.

O sector leiteiro tem atravessado uma situação muito complexa, difícil, com o crescimento significativo dos custos de produção”, defendeu Rui Martinho, numa audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar.

De acordo com o governante, que respondia aos deputados, foi tomado um conjunto de medidas de apoio ao setor, nomeadamente, com a criação de uma comissão especializada de acompanhamento e monitorização.

Por outro lado, foram estabelecidas dotações específicas, no âmbito dos concursos do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020.

“Uma outra medida que visou o setor leiteiro foi a de apoio ao investimento no tratamento dos efluentes pecuários”, apontou.

A par disto, conforme afirmou Rui Martinho, “está em vias de ser aberto” um aviso destinado às organizações interprofissionais do setor, tendo em vista a melhoria da rentabilidade económica da fileira.

Recomendadas

Aborto nos EUA. Fundador da Prozis responde a críticas de influencers: “Tentar destruir alguém pelas suas ideias é um sinal dos tempos”

“Acredito que esta politica de cancelamento possa destruir muitas vidas , principalmente destes tais influencers. Hoje sou eu, amanhã serão eles. É uma questão de tempo”, disse Miguel Milhão em resposta às críticas. Pelo menos, quatro embaixadoras da marca já anunciaram o fim das parcerias.

MEO, NOS e CTT são as empresas com mais queixas dos portugueses (com áudio)

Os sectores das comunicações eletrónicas, bens de consumo e serviços financeiros correspondem a dois terços das reclamações, 100.956 no total.

Pilotos da TAP decidem não avançar com greve

Os pilotos da TAP decidiram não avançar com uma greve, exigindo “respeito e cumprimento dos acordos assinados” e lembrando que não aceitam continuar a ser discriminados com cortes adicionais.
Comentários