Imprensa alemã aponta treinador Roger Schmidt ao Benfica

Na Alemanha, avançam que o treinador já está em conversações com o clube da Luz e a assinatura de contrato está “iminente”.

José Sena Goulão/Lusa

A imprensa alemã dá como certa a vinda de Roger Schmidt para o Sport Lisboa e Benfica. O alemão de 55 anos pode vir a ser o próximo treinador do clube da Luz, revela hoje a revista “Kicker”.

O treinador lidera atualmente os holandeses do PSV Eindhoven e já anunciou que vai sair no final da época. Antes da Holanda, treinou o Red Bull Salzburgo, o Bayer Leverkunsen e o Beijing Guoan na China. Entre os seus títulos, conta com uma liga e uma taça austríaca, e uma supertaça holandesa.

O alemão foi abordado pelo RB Leipzig em dezembro, mas preferiu cumprir o seu contrato até ao fim.

Schmidt ainda pode conquistar tudo até ao final da época: está na segunda posição na Eredivisie, dois pontos atrás do Ajax; defronta a turma de Amesterdão no final da taça holandesa; pode ainda vencer a Liga Conferência.

Segundo a “Kicker”, o treinador já está em conversações com o clube da luz e a assinatura está “iminente”.

Recomendadas

Reabilitação do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra já foi consignada

A primeira fase de reabilitação dos pavilhões do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra, orçada em 338 mil euros, foi consignada hoje, revelou o município.

Mundial2022: Qatar retifica que morreram 40 trabalhadores nas obras dos estádios

Um porta-voz do Campeonato do Mundo de Futebol do Qatar retificou hoje o número anteriormente anunciado por um responsável de trabalhadores mortos na construção dos estádios para a competição, de “entre 400 e 500” para 40.

Mundial 2022. Qatar assume a morte de “entre 400 a 500” trabalhadores migrantes

“A estimativa é de cerca de 400” mortes de trabalhadores migrantes na construção dos estádios, de acordo com as declarações do principal responsável pela coordenação entre entidades públicas e privadas na construção dos estádios da competição. Estes números contradizem as estimativas de que terão morrido milhares de trabalhadores.
Comentários