PremiumJaponesas NEC e Kagome criam empresa em Portugal para aumentar produção de tomate

Os aspetos formais da ‘joint venture’ DXAS Agricultural Technology estão a ser ultimados e deverão ficar concluídos no início de agosto. O investimento é superior a 2 milhões de euros, a sede é em Lisboa, mas o CEO vem de Tóquio.

Portugal, mais concretamente Lisboa, será a sede de uma nova empresa de capital japonês criada para aumentar a produção de tomate de indústria através da chamada agricultura de precisão – tecnologia que mostra se a fruta precisa de mais água, fertilizantes ou sol.

A empresa de eletrónica NEC e a fabricante de ketchup Kagome investiram 300 milhões de ienes (aproximadamente 2,2 milhões de euros) e uniram-se para criar a joint venture DXAS Agricultural Technology, que é responsável pelo desenvolvimento e comercialização do hardware e software baseado em Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT, na sigla anglo-saxónica).

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Dona da Pepsi e da Lay’s escolhe fábrica portuguesa para testar tecnologia de limpeza inovadora

A unidade fabril da PepsiCo em Portugal foi a selecionada para integrar a solução da startup britânica Innovations.

Vinhos do Alentejo lançam projeto de economia circular no sector vitivinícola da região

A GESAMB recebe e controla os resíduos entregues pelos membros do PSVA que, posteriormente, os disponibiliza à Silvex, responsável pela reciclagem e transformação em novos produtos. O “Adegas com resíduos circulares” conta também com o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente. 

Vinho português destacado pelos melhores motivos na imprensa inglesa

Uma análise ao vinho tinto e branco português, em especial pela variedade de opções e relação qualidade/preço, foi publicada no “The Guardian” por uma especialista no tema.
Comentários