Libra a valorizar depois da vitória de Boris Johnson

A moeda do Reino Unido ganha mais de 1,30% face ao euro e ao dólar, e o índice bolsista FSTE 100 está a negociar com uma subida de 1,78%, para 7.403,08 pontos.

Jason Alden/Bloomberg

A libra esterlina mantém-se com uma forte valorização relativamente às restantes moedas, depois de o Partido Conservador britânico ter vencido, com maioria absoluta, as eleições legislativas do Reino Unido desta quinta-feira.

A moeda de Terras de Sua Majestade aprecia, por volta das 9h10, 1,35% face ao euro (1,1984) e 1,72% perante a divisa dos Estados Unidos da América (1,3388). No entanto, ao início da manhã chegou a estar a valer mais 2,4% comparativamente ao dólar norte-americano.

Já a Bolsa de Londres também reage bem ao resultado das eleições, estando o índice bolsista FSTE 100 a negociar com uma subida de 1,78%, para 7.403,08 pontos.

Segundo Sean Callow, analista de Westpac, os índices globais de ações, como o MSCI World, devem fixar mais recordes, e a libra esterlina pode ultrapassar os 1,36 dólares. Aliás, na sua opinião, este é um dos grandes presentes no sapatinho dos investidores, uma vez que dissipa as incertezas em torno do processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

“Os investidores globais receberam dois dos maiores presentes na sua lista de Natal e devem ser gratos, pelo menos, durante um tempo”, explicou à agência “Reuters”, referindo-se ainda ao acordo entre os Estados Unidos e a China.

“Quantos mais deputados Boris Johnson tiver acima dos 626 maior será a sua capacidade para resistir a eventuais «deserções» no processo do Brexit. De facto, durante todo este processo não foram poucos os conservadores que votaram contra as iniciativas do seu processo como também alguns trabalhistas votaram a favor”, lembram os analistas do CaixaBank/BPI Research, numa nota de mercado publicada esta manhã.

Recomendadas

Bolsa de Lisboa fecha sessão a perder 1,49% com apenas o título da Galp no verde

A puxar o PSI para baixo estiveram os títulos da peso-pesado do retalho Jerónimo Martins, dona da cadeia de supermercados Pingo Doce, que deslizaram 3,52%.

Bancos envolvidos na aquisição do Twitter por Elon Musk poderão perder milhões

Dos 44 mil milhões que Musk terá de pagar pela compra da rede social, 12,5 mil milhões serão garantidos por empréstimos bancários. Exemplos recentes e cenário económico sombrio pesam nas projeções da banca envolvida.

OPEP+ decide baixar a sua oferta de petróleo em dois milhões de barris diários

A redução da produção de petróleo anunciada esta quarta-feira corresponde ao maior corte na oferta desde maio de 2020. Decisão deverá irritar administração Biden e levar a resposta dos EUA, diz nota de mercado do Citi.
Comentários